Queimadura de água viva


Não é recomendado urinar na queimadura para obter alívio, confira o passo a passo do que fazer em caso de contato com água viva

Texto: Andressa Dias
Fonte: Dicas de Mulher 

No verão, muita gente se desloca para o litoral brasileiro para aproveitar a estação mais quente do ano e o período de férias. Porém, infelizmente, nas praias do sul do Brasil, os casos de pessoas atingidas por queimaduras de água viva estão aumentando mais e mais a cada dia.
Em vista disso, é importante saber de algumas informações relevantes a respeito dessas queimaduras para evitar maior sofrimento. Confira as dicas.
As águas vivas tem seu corpo coberto por filamentos que injetam toxinas na pele quando ocorre o contato. Algumas delas podem causar reações alérgicas e outras complicações mais graves.
água viva mais venenosa é a chamada Box Jellyfish e habita nos mares da Austrália. Sua queimadura pode causar parada cardíaca em menos de três minutos.
É muito difícil ver uma água viva no mar, geralmente a pessoa só nota que há águas vivas no local quando sente a ardência do contato com o animal. Veja a seguir como proceder nesses casos.

Passo a passo de como tratar queimadura de água viva

  1. Ao perceber a ardência, saia imediatamente da água;
  2. Enxágue o local com soro fisiológico, não utilize água da torneira;
  3. Faça compressas de gelo e as posicione com cuidado sobre a queimadura, elas ajudam a aliviar a dor;
  4. Procure o hospital ou emergência mais próximos – algumas águas vivas liberam substâncias tóxicas que podem causar reações alérgicas graves.

O que não se pode passar na queimadura de água viva

Deve-se evitar principalmente jogar água na queimadura e nunca se deixe levar pelo mito de que urinar na queimadura faz com que ela pare de arder. Isso pode ser perigoso e não é recomendado.
É importante evitar coçar ou esfregar a queimadura com as mãos ou com roupas apertadas. Se a queimadura for friccionada, ela pode criar bolhas e isso pode fazer com que a queimadura fique ainda pior e demore mais para sarar.
Nas praias brasileiras, alguns salva-vidas optam por jogar vinagre sobre a queimadura de águaviva para promover um alívio temporário enquanto o socorro médico é aguardado. Porém, não é recomendado utilizar estes métodos caseiros sem o consentimento de um médico.
Não se deve também expor a queimadura ao sol. Portanto logo após perceber a ardência, é importante procurar abrigo longe dos raios do sol. Assim você evita manchas na pele.
Siga as recomendações e não agrave o problema. Infelizmente não há uma maneira de evitar a queimadura, porém você pode se informar a respeito da presença de águas vivas no local antes de entrar na água. Cuide-se e aproveite melhor o sem verão sem preocupações ou sofrimento.
Tags: × × × × ×

1 comments

Seja bem vindo, mas se identifique, comentários anônimos com o intuito de denegrir a imagem do outro, palavras de baixo calão não serão admitidos.