Seguidores

boo-box

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

As 17 árvores mais incríveis do mundo

Você já parou para pensar o quão importante é uma árvore? Para começar, a função de fornecer oxigênio é mais do que essencial. Tem também o fato de fornecer sombra nos dias quentes e, como se isso não fosse suficiente, ainda enfeitam e embelezam a cidade. É claro que existem outras inúmeras razões, cada um sabe a sua.
Infelizmente, ter uma árvore a qual se possa admirar é privilégio de poucos. Por causa do desmatamento e degradação do meio ambiente, nossas queridas amigas estão sendo destruídas. É nosso dever preservá-las e cuidar para que elas estejam sempre lindas. Então admire as árvores mais lindas do mundo e encante-se.

Rododendro (Canadá)

Um rododendro não é considerado uma árvore, e sim um arbusto. Esse belíssimo exemplar tem 125 anos e encontra-se no Canadá. Perfeito!

Glicínia (Japão)

Tem como não se encantar com essa glicínia japonesa de 144 anos? Ela é a maior do país e tem 1.990 metros quadrados. Encantadora!

Árvores varridas pelo vento (Nova Zelândia)

Por que essas árvores parecem varridas pelo vento? Porque é exatamente isso o que acontece. Os ventos antárticos extremos arrastam nossas amigas e elas crescem nesse ângulo. Elas são encontradas em Slope Point, no extremo sul da Nova Zelândia.

Carvalho (Estados Unidos)

Esta é uma espécie de carvalho silvestre japonês e encontra-se em Portland, Oregon, nos Estados Unidos. Impressiona pelas cores.

Faia com musgo (Estados Unidos)

Esta árvore, nativa do Chile e Argentina, encontra-se no Pacífico Norte dos Estados Unidos (também em Oregon, como a árvore acima). Ela é uma Faia Antártica e está coberta de musgo. Belíssima.

Cerejeira (Alemanha)

Esse túnel de flores de cerejeira é de encher os olhos. Ele floresce em Bonn, na Alemanha, sempre em abril e encanta os moradores.

Carvalho (Estados Unidos)

Parece que os carvalhos nos Estados Unidos são os mais belos! Esse espécime está na Carolina do Sul e tem 20 metros de altura. A idade dele? De 400 a 500 anos. Perfeito!

Flamboyant (Brasil)

Apesar da árvore Flamboyant ser originária de Madagascar, ela adora as áreas tropicais ao redor do mundo. Aqui no Brasil ela também é conhecida como Flor-do-Paraíso ou Pau-Rosa. Como não se apaixonar?

Árvore Sangue-de-Dragão (Yemen)

Esta árvore solta uma seiva vermelha que é usada como corante, verniz, ingrediente químico e até mesmo como remédio para várias doenças. Por causa disso, recebeu este nome.

Sequoia (Estados Unidos)

Esta árvore tem até nome. Ela é conhecida como “O Presidente” e é a terceira maior sequoia gigante do mundo. Encontra-se no Sequoia National Park (Parque Nacional da Sequoia), na Califórnia, Estados Unidos. Ela tem 73 metros de altura e 28 metros de circunferência terrena.

Tunel de carvalhos (Estados Unidos)

A magnitude desse túnel de carvalhos, no Oregon, Estados Unidos, é de impressionar.

Eucalipto (Havaí)

Vai dizer que essas fotografias não parecem pintura? Mas não são. Essas árvores são os Eucaliptos Arco-Íris e são valorizadas também porque são muito usadas na fabricação de papel. Uma perfeição!

Jacarandás (África do Sul)

Você vai encontrar essa linda árvore em Cullinan, na África do Sul.

Avenida de carvalhos (Estados Unidos)

Em algum momento, na década de 1790, alguém plantou essa avenida de carvalhos que hoje encanta todos os visitantes que vão para a Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

Baobá (Madagascar)

Além de serem lindos, esses baobás são muito importantes no armazenamento de água em seus troncos e são muito usados durante as secas.

Cerca-Viva Negra (Irlanda do Norte)

Se você é fã da série Game of Thrones, então já deve ter visto essa linda Cerca-Viva Negra que se encontra na Irlanda do Norte. Ela foi plantada no século 18 e tem uma beleza impressionante.

Cajueiro (Brasil)


O maior cajueiro do mundo é o Pirangi e está no município de Parnamirim, próximo à capital do Rio Grande do Norte. Ele teria sido plantado em 1888 e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados. Ainda hoje ele dá muitos frutos. 
FONTE(S) 
IMAGENS 
Postar um comentário