quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Natal avança na competitividade no turismo

A capital do Rio Grande do Norte subiu três posições no ranking geral, de acordo com indicador que avalia 65 destinos turísticos do país.
Natal está entre os dez destinos mais competitivos do país em infraestrutura geral e em aspectos ambientais, de acordo com o Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2015, divulgado nesta quarta-feira (9) pelo Ministério do Turismo. A cidade avançou também no índice geral da competitividade, passando da 25ª posição para a 22ª entre 65 destinos pesquisados.
A capital potiguar é a 6ª cidade mais competitiva do país em aspectos ambientais e a 7ª em infraestrutura geral, duas das 13 dimensões avaliadas na pesquisa, que mede anualmente a evolução dos destinos. A cidade está no nível 4 da escala de competitividade que tem 5 níveis. O índice foi  desenvolvido pelo MTur em parceria com o Sebrae Nacional e a Fundação Getulio Vargas (FGV).  
“A colocação de Natal no ranking das cidades mais competitivas em infraestrutura geral e questões ambientais é fruto de muito trabalho dos gestores públicos e dos investimentos federais que estão sendo direcionados para o turismo da cidade”, avalia o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.
O desempenho de Natal na dimensão infraestrutura geral está associado a fatores como a construção de 22 km de ciclovias na orla, por ocasião da Copa do Mundo; melhoria da limpeza pública nas áreas turísticas, existência de delegacia especializada e grupamento especial na Polícia Militar especializado no atendimento ao turista.
No quesito aspectos ambientais, Natal alcançou o maior nível da escala da competitividade. Contribuíram para esse resultado, a existência de rede pública de distribuição de água que atende mais de 90% da população; monitoramento da qualidade da água; destinação pública de resíduos sólidos para aterro sanitário além da presença de Unidade de Conservação, entre elas o Parque das Dunas e o Parque da Cidade.

 natal.png
Postar um comentário