RUSH

SPIDER 2

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Dono de bicicleta furtada condena tortura a adolescente: 'chorei nessa noite'

O ambulante Ademilson de Oliveira, 31, dono da bicicleta furtada, lamentou a tortura ao adolescente suspeito do furto e condenou o ato do tatuador e do outro envolvido no caso. Ao G1, Oliveira afirmou que “não conseguiu dormir” e que chorou quando soube do fato. Ele é deficiente físico.
“Quando eu cheguei eles falaram que ele estava tentando roubar minha bicicleta. Fiquei pasmado, estou em choque até agora. Se eu estivesse aqui não teria deixado. Que dessem uns tapas na orelha dele e mandasse embora, ou chamassem a polícia. Não precisava fazer uma barbaridade dessas”, disse o ambulante.
Segundo ele, a bicicleta está quebrada e a tatuagem na testa do jovem poderá causar a morte dele. “Se pegarem o moleque com isso escrito na cabeça matam o moleque. E a mãe dele, como é que fica?”, questionou.
O tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis e o vizinho Ronildo Moreira de Araújo amarraram a vítima em uma cadeira. Maycon escreveu “sou ladrão e vacilão” na testa do adolescente. Ambos foram presos por flagrante de tortura e podem pegar até oito anos de prisão.
Segundo a polícia, a dupla torturou o jovem como punição pelo furto da bicicleta. A vítima nega que tenha participado do furto. Segundo a mãe do adolescente, ele é dependente químico. “A gente precisa tirar isso do rosto dele porque ele não é bicho”, afirma a mulher.
Com informações do G1.

Via Yahoo Notícias
Postar um comentário