sábado, 19 de maio de 2018

Protesto de guias de turismo cancela passeios no Rio Grande do Norte



Guias de turismo do Rio Grande do Norte paralisaram passeios programados para este sábado (19) em protesto que exige cumprimento de leis e fiscalização de órgãos estatais. Algumas agências de turismo também aderiram ao movimento.

Entre as principais reivindicações da categorias está a de fiscalizações dos órgãos competentes. Segundo o grupo de manifestantes, atualmente há profissionais não capacitados que estão oferecendo serviços e colocando os próprios turistas em risco.

"Essa é a única profissão reconhecida no trade do turismo, regulamentada desde a década de 90 e até hoje desrespeitada por todos", informaram os guias, em comunicado.

De acordo com ele, leis federal e municipal tornam obrigatória a presença de um guia regional em todos os passeios, o que muitas vezes não acontece. São mais de 500 guias regulares no estado, de acordo com eles.
Os profissionais também querem "melhorias nas condições de trabalho" e reclamam de jornadas excessivas sem horários para descanso, carros com más condições de uso e muitas vezes sem a documentação.
No início da manhã, um grupo de manifestantes estava na praia de Maracajaú, no município de Maxaranguape, litoral norte potiguar, onde os passeios previstos foram cancelados. De acordo com eles, outras atividades como essa serão realizadas ao longo do dia, de surpresa.

Fontes: G1/extraída do blog PAULO SOM E EVENTOS

Postar um comentário