Seguidores

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Habeas corpus pede que Moro não prenda Lula

Foi protocolado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, na tarde de quarta-feira (24), um pedido de habeas corpus preventivo em nome de Luiz Inácio Lula da Silva. Pede que o ex-presidente não seja preso na Operação Lava Jato, conduzida em Curitiba pelo juiz Sérgio Moro. A assessoria de Lula informa que ele não tomou a iniciativa e desconhece o autor do pedido.
“Qualquer pessoa pode entrar com um pedido de habeas corpus”, disse a assessoria de Lula ao blog. “Esse pedido não foi impetrado por nenhuma pessoa ligada a ele. Não sabemos se o autor é pessoa simpática ao ex-presidente ou alguém da oposição, algum provocador interessado em produzir um factoide. Estranhamos que a notícia tenha aparecido no Twitter do senador Ronaldo Caiado.”
Em mensagem veiculada no Twitter, Caiado anotou: “Temendo ser preso pelos malfeitos que cometeu —disso ninguém mais duvida—, Lula apresenta habeas corpus preventivo.”
Noutro post, o senador acrescentou: “Lula ‘Brahma’ quer escapar da responsabilidade no escândalo do Petrolão—Lava Jato. Habeas corpus prova que o ‘chefe’ foi identificado.”
Brahma é o apelido associado a Lula em comunicados internos de executivos da Construtora OAS, apreendidos pela Polícia Federal.
Postar um comentário