sexta-feira, 17 de julho de 2015

Rio Grande do Norte na mira dos Correios e da TAM


A confirmação da instalação do Centro de Tratamento Internacional (CTI) dos Correios no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves está cada vez mais próxima. Em reunião com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, nesta quinta-feira (16), o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Wagner Pinheiro de Oliveira, reforçou a importância desse centro para distribuição de encomendas e correspondências vindas da América do Norte e da Europa.

Atualmente, os Correios contam com apenas três CTIs no Brasil: em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. O CTI do Aeroporto Governador Aluízio Alves terá capacidade para atender a demanda das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

“A conversa com o presidente Wagner Pinheiro me trouxe muita esperança. Tenho cada vez mais certeza da importância de nosso aeroporto para o desenvolvimento da economia do Rio Grande do Norte”, afirmou Henrique Alves. “A criação de um centro de tratamento dos Correios e a disputa pelo HUB da TAM são demonstrações de que o aeroporto aumentou a competitividade do nosso estado”, concluiu o ministro.

Durante a reunião com o presidente dos Correios, Henrique Eduardo Alves antecipou que iria encontrar-se com a presidente da TAM, Claudia Sender, e que iria informá-la de que as tratativas para a instalação do “hub dos Correios” em Gonçalo do Amarante estavam avançando.

HUB da TAM – Também nesta quinta-feira (16), o ministro Henrique Eduardo Alves reuniu-se duas vezes com a presidente da TAM, Claudia Sender. Em audiência com o vice-presidente Michel Temer e os senadores Eunício Oliveira e José Pimentel, Henrique Eduardo Alves parabenizou Claudia pela iniciativa da companhia de instalar um centro de conexões no Nordeste e frisou a importância do HUB para o desenvolvimento regional.  

Após a audiência no Palácio do Planalto, Claudia Sender esteve no Ministério do Turismo para apresentar ao ministro Henrique Eduardo Alves o andamento dos estudos para definição do estado que receberá o HUB da empresa.
De acordo com a presidente da TAM, a empresa encomendou dois estudos de viabilidade para instalação do centro de conexões. Os principais critérios a serem considerados são: localização geográfica, infraestrutura do aeroporto e potencial de crescimento do terminal.

“Contratamos duas consultorias internacionais para nos ajudar a avaliar, tecnicamente, qual o melhor local para instalação de nosso HUB. Com um investimento previsto de R$ 6 bilhões, nossa decisão deve ser muito bem calculada”, afirmou Claudia Sender.

A empresa inglesa Oxford Economics e a canadense Arup – esta última responsável pelo projeto de Changi, em Cingapura, considerado o melhor aeroporto do mundo – foram contratadas pela TAM para mapear os pontos positivos e negativos dos aeroportos de Recife, Natal e Fortaleza. A previsão da companhia é que os estudos fiquem prontos em três semanas e após a conclusão os estados serão comunicados dos resultados.

“Nossa intenção é conduzir esse processo da forma mais correta e transparente possível. Após a conclusão dos estudos, vamos reunir governadores, prefeitos e parlamentares dos três estados para eles entenderem o processo e poderem discutir conosco os pontos que precisam ser desenvolvidos”, concluiu a presidente da Tam.

Durante o encontro, Claudia Sender deixou transparecer que a possível instalação do CTI dos Correios é um ponto positivo para o Rio Grande do Norte. Ao final, ela convidou Henrique Eduardo Alves para as reuniões com os três estados.

“Me sinto muito honrado em participar, como ministro do Turismo, desse momento”. A presidente comprometeu-se a mandar os estudos para análise do ministro do Turismo.
Henrique Eduardo Alves revelou à presidente Claudia Sender que o Rio Grande do Norte está tomando todas as providencias para realizar as melhorias que faltam para ganhar a disputa pelo centro de conexões. “Disse à presidente Claudia que o estado está fazendo seu dever de casa. Entendo que essa é uma decisão puramente técnica e, assim sendo, acredito que oferecemos as melhores condições à companhia para receber esse HUB”, concluiu.

Fotos: Paulino Menezes

Assessoria de Imprensa
Ministério do Turismo
twitter: @HenriqueEAlves

Postar um comentário