RUSH

SPIDER 2

terça-feira, 8 de setembro de 2015

PROFESSORA ESCLARECE EPISÓDIO QUE MOTIVOU A SUA EXONERAÇÃO PELA PRIMEIRA-DAMA DO RN


Professora esclarece episódio que motivou a sua exoneração pela primeira-dama do RN


A professora Socorro Batista, exonerada ontem da Secretaria de Educação, escreveu em seu Facebook e esclareceu sobre a causa aparente para esse desfecho que causou surpresa aos pares petistas e, principalmente, ao RN todo.


Veja:

Amigos,
Após inúmeras mensagens de apoio recebidas na manhã de hoje chegou o meu momento de falar.

Não vou entrar em fatos anteriores à principal “motivação” da minha exoneração.


Fatos estes relacionados ao modelo de gestão implementado na SEEC, reflexo do modelo Robinson e afins. Na solenidade de abertura do setembro cidadão cuja coordenação no âmbito da SEEC estava sob minha responsabilidade e de valorosos (as) técnicos (as) daquela pasta respeitosamente e em público solicitei à primeira dama ,na ocasião, representando o governador, que a greve da UERN tivesse um final, com atendimento à legítima pauta da categoria. Assim procedi porque sou parte da categoria.

Fui presidente da Aduern e participei de várias gestões. De que me adiantaria está numa estrutura de Governo e não ter uma posição de defesa nestas circunstâncias? Como pode a gestão da SEEC ignorar o que está ocorrendo, quando a UERN é parte de sua estrutura?

Pois bem, apesar de uma resposta serena naquele momento, foram ágeis ao providenciarem minha exoneração.

De minha parte estou tranquila. Sempre, sempre, entre um cargo e a coerência, entre um cargo e o respeito à luta dos trabalhadores, ficarei com o segundo.

Minha atitude foi em defesa da UERN. Se para isso tenho que pagar esse preço que assim o seja.

Eu saí em defesa da UERN e continuarei lutando pela educação do RN.

O certo é que o episódio fez com que a primeira-dama-governadora, Julianne Faria, pegasse ar. Então, já viu: demissão sumária.

FONTE: revistarn.com.br

Matéria extraída SINSP RN
Postar um comentário