Seguidores

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Polícia Federal prende Delcídio do Amaral por atrapalhar investigações da Lava Jato

(Foto: Agência Brasil)(Foto: Agência Brasil)
A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (25) o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado e o banqueiro André Esteves, do banco BTG Pactual. As prisões foram efetuadas após um pedido da Procuradoria Geral da República e autorizadas pelo STF. 

De acordo com as autoridades, os envolvidos estariam atrapalhando o levantamento de informações da investigação da Operação Lava Jato. Também foram detidos o chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira e o advogado Édson Ribeiro, responsável pela defesa de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras. 

Segundo a PF, Delcídio estaria tentando dificultar a delação premiada de Cerveró a respeito de uma suposta participação do senador em irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos EUA. O petista chegou a oferecer um plano de fuga a Cerveró para que ele escapasse da delação. 

Delcídio foi citado na delação de Fernando Baiano. Em depoimento, o lobista afirmou que o senador teria recebido US$ 1,5 de propina após a compra da refinaria. A defesa do líder do governo no Senado já foi alertada sobre a prisão e segue para Brasília onde acompanhará o caso. 

Fonte: Yahoo Notícias
Postar um comentário