Seguidores

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Guarda Civil de Mossoró é referência para cidade pernambucana

O secretário Alvibá Gomes, responsável pela Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, recebeu na manhã desta quarta-feira, 24, a visita de Flávio Marques, secretário de Administração do município de Tabir (PE). O objetivo da visita foi conhecer de perto estrutura e operacionalidade da Guarda Civil de Mossoró.
A cidade de Tabira possui aproximadamente 30 mil habitantes e possui Guarda Civil Municipal há três anos. O secretário Flávio Marques revela que deseja adotar o mesmo modelo estrutural, Plano de Cargos e Carreira, operações e atividades da Guarda Civil de Mossoró.  
“Nós acompanhamos o site e vemos todas as ações da guarda. Em Tabira, temos cerca de 80 guardas, aqui são aproximadamente 300. A estrutura aqui é muito boa e nós queremos copiar esse modelo. A Guarda de Mossoró é referência para qualquer cidade que está implantando sua Guarda Civil. Tudo ainda é novidade para nós, de Tabira, e estamos querendo aprender com quem tem mais experiência”, comenta Flávio Marques.
Cerca de 15 Guardas Civis de Tabira também participaram da visita e conheceram a sede da secretaria, a Bic Tur no Memorial da Resistência, o Centro de Monitoramento e o II Batalhão da Polícia Militar. O coronel Alvibá Gomes frisou que essa não é a primeira vez que representantes de outros municípios vêm conhecer a estrutura da Guarda Municipal de Mossoró.
“Já tivemos visita de Parnamirim, Natal e outras cidades que também querem adotar o nosso modelo. Estamos sempre integrados às ações das Polícias e proporcionando segurança à população. Ainda este ano, vamos qualificar e armar a guardar para redução ainda maior nos índices de criminalidade”, destaca o secretário Alvibá.
A Guarda Civil de Mossoró tem hoje efetivo de aproximadamente 300 homens, distribuídos em cinco grupamentos: Ronda Ostensiva Municipal (ROMU); Ronda Preventiva Escolar (ROPE); Pelotão de Guarda Patrimonial (PGP); Pelotão de Guarda Comunitária e o Pelotão da Ação Ambiental (PAAM). 
Postar um comentário