SPIDER

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Rogério Marinho condena "ação criminosa do MST" no RN após novos bloqueios de rodovias

O Rio Grande do Norte viveu nesta segunda-feira (15) mais uma manhã de caos em algumas de suas principais rodovias. Novamente o Movimento Sem Terra (MST) decidiu bloquear estradas em protesto, dessa vez contra a reintegração de posse de um terreno pertencente a Embrapa, no município de Caicó. Para o deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Estado, "a ação criminosa do MST" pretende colocar seus integrantes acima da lei.

"Hoje ocorreu mais uma ação criminosa do MST, facção clandestina que estabeleceu bloqueio de rodovias no RN. Impressiona a atitude, que pretende se colocar acima da lei, enquanto isto a Lei antiterrorismo é bloqueada no Congresso. O Brasil vive crise ética e econômica e é vítima de grupelhos que se aproveitam da conveniência de alguns e de brechas legais para aterrorizar a sociedade", disse o parlamentar por meio de seu perfil pessoal no twitter (@rogeriosmarinho).

Segundo divulgado pela imprensa, foram interrompidos os fluxos na BR 226, sentido Caicó, dois trechos da BR 406, sendo um no Km 100, em João Câmara, e no Km 163, em Ceará-Mirim, além de um trecho da BR 304, próximo a Macaíba. "Entre EMBRAPA, referência em pesquisa e inovação tecnológica no agronegócio e os terroristas do MST, não precisamos ter dúvidas, é preciso defender a sociedade", finalizou Rogério.

O desbloqueio das rodovias foi obtido após longa negociação dos integrantes do MST com a Polícia Rodoviária Federal. A manifestação só foi encerrada por volta das 12h30 desta segunda, após quase seis horas de interrupção das estradas.

Foto: Alexssandro Loyola
Postar um comentário