Seguidores

quinta-feira, 24 de março de 2016

Bolsonaro pede que militares “sitiem” Congresso no dia do impeachment para causar problemas a quem votar contra


O jornal O Dia, do Rio de janeiro, registrou um discurso do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), feito no plenário da Câmara em que ele pede a militares que “sitiem” o Congresso Nacional no dia da votação do impeachment de Dilma Rousseff (PT).
Segundo ele, em discurso feito para policiais miluitares e bobeiros, seria preciso colocar mais de 50 mil pessoas do lado de fora da Câmara para que o deputado que votar contra o impeachment “tenha problemas”.
Procurada pelo jornal, a assessoria de Bolsonaro disse que era apenas uma “força de expressão”.
Veja o texto do que Bolsonaro disse:
“No dia da votação do impeachment aqui, no final de abril, vocês todos têm que sitiar o Congresso Nacional e botar lá fora 50 mil pessoas ou mais. Aquele Parlamentar que, porventura, não votar pela saída dessa impostora e corrupta, Dilma Rousseff, vai ter problemas para sair do Congresso. Então, estejam todos aqui no final de abril para votar o impeachment de Dilma Rousseff.”
Siga o blog no 
Twitter
.

Curta a 
página do Caixa Zero no Facebook
Postar um comentário