Seguidores

sábado, 2 de abril de 2016

Polícia investiga caso de prostituição dentro do banheiro do Congresso

Ver as imagens
O Departamento de Polícia Legislativa (Depol), responsável por realizar a segurança dentro do Congresso, está investigando a possibilidade de prostitutas terem atendido clientes dentro de um dos banheiros da Câmara.
As denúncias surgiram em imagens que rodaram nos últimos dias no WhatsApp. Em uma delas (veja abaixo) é possível ver uma mulher com parte da blusa aberta e um adesivo dado aos visitantes do Congresso colado em um dos bolsos de sua camisa.
O vídeo ainda mostra a mulher seminua e fazendo sexo oral em um homem que não foi identificado. Em outra foto é possível ver a mesma mulher em frente a uma das placas de informação do Congresso, indicando qual o caminho para a sala onde se reúnem as comissões.
Ver as imagens
Responsável por fazer a denúncia, o portal Metrópoles afirmou que as imagens foram tiradas entre fevereiro e março deste ano. A mulher em questão, que tem sua identidade mantida em sigilo, teria também confirmado que �� uma garota de programa.
Agora, o Depol afirma que investigará a fundo o caso de suposta prostituição dentro do Congresso Federal. Para isso, ainda irá colher mais informações básicas para que possa finalmente desenrolar o caso. Não houve pronuncia por parte da Câmara até o momento.
Fonte: Yahoo Notícias
Postar um comentário