Seguidores

sábado, 7 de maio de 2016

Fim de voos no Nordeste causa preocupação geral em times do Brasil

Exibir foto
.
Companhia aérea que transporta os times de futebol pelo Brasil, a Gol anunciou recentemente o encerramento de 40% dos voos no Nordeste, devido à crise nacional. A medida tem causado desespero e, futuramente, prejuízo principalmente para os clubes que disputarão a Série B. 
O gerente executivo de futebol do Ceará, Carlos Kila, exemplifica o tamanho do problema que seu time terá a partir de agora. “Quando formos enfrentar o Sampaio Corrêa, que é do Maranhão, um estado vizinho ao nosso, teremos de sair de Fortaleza e ir até Brasília para depois voarmos a São Luiz”, lamenta.
Os únicos voos diretos da companhia aérea parceira da CBF pelo Nordeste são entre Fortaleza, Salvador e Recife. “A partir de agora, teremos de viajar com dois dias de antecedência. Isso implica em mais gastos, já que a CBF banca apenas duas diárias, e teremos de pagar três: duas antes do jogo e uma depois”, explica Kila.
A reclamação é geral. Recentemente, todos os clubes da Série B, exceto Vasco e Bahia, decidiram se juntar para pleitear uma posição da CBF. Eles defendem que a entidade permita que voem em casos específicos com outra companhia aérea, a Azul. “Mas a CBF ainda não se posicionou.”
A dificuldade na logística deverá causar algumas saias justas aos times ao longo da temporada. O Ceará, por exemplo, enfrenta o Avaí num sábado, dia 28 de maio, em Florianópolis. Não há mais voo de volta para o domingo. “Teremos de retornar a Fortaleza na segunda-feira, mas já jogamos na terça-feira. Isso é um perigo”, conclui Kila.
Fonte: Yahoo Esportes
Postar um comentário