terça-feira, 7 de junho de 2016

MOSSORÓ NÃO TEM CRISE: VERGONHA, Vereadores aumentam o próprio salário em 32%

NOTA DO BLOG: entendam por que este país vive um caos administrativo, como é que um país em plena crise de gestão vereadores na calada da "noite" aumentam absurdos 32 por cento seus salários? (Voz do Povo).
Sem ouvir a sociedade e camuflando a proposição na pauta para despistar os jornalistas que cobrem as sessões na casa os vereadores de Mossoró aprovaram reajuste de 32% aos próprios salários.
O gesto é um resumo do que é a nossa classe política. Legislam em causa própria, tomam decisões obscuras e sem qualquer compromisso com a transparência. Pior: em um momento em que a atual legislativa se notabiliza pelas constantes faltas de quórum que inviabilizam as sessões.
O reajuste dos subsídios dos vereadores é feito a cada quatro anos e deve seguir o IPCA que acumulou no ultimo quadriênio 28,62%. Mas os parlamentares preferiram tomar como base o limite constitucional estabelecido para cidades acima de 200 mil habitantes que prevê que um edil  deve receber até 50% do salário de um deputado estadual. Com o isso eles passam a receber R$ 12.540.
Mais do que o reajuste em si, o que mais causa perplexidade é a tentativa de abafar a decisão que não teve qualquer publicidade nem justificativa apresentada por parte dos 21 parlamentares.
O assunto só ganhou força porque um grupo de estudantes ligados ao Movimento Brasil Livre (MBL) estiveram na casa hoje protestando chegando um deles a travar uma áspera discussão com a vereadora Izabel Montenegro (PMDB).
A Câmara Municipal perdeu uma grande oportunidade tomar uma decisão simpática à sociedade nesses tempos de revolta geral com a classe política.
Fonte da matéria: Blog do Barreto
Postar um comentário