SPIDER

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Vaquinha lançada por Dilma para custear voos é “deboche com brasileiros”, diz Rogério

A decisão da presidente afastada Dilma Rousseff de lançar uma “vaquinha” para arrecadar dinheiro e custear os seus voos em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) foi vista com ironia pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN). O parlamentar destacou que após o prejuízo milionário por conta das pedaladas fiscais e as crises política, econômica e social em que a petista mergulhou o país, lançar uma vaquinha para patrocinar suas andanças “é um deboche com a população brasileira”.

Em uma resposta à cobrança feita por petistas para que Dilma viaje mais pelo Brasil, a plataforma digital de arrecadação de recursos foi lançada nesta quarta-feira (29). A “vaquinha virtual” aceita contribuições na faixa de R$ 10 até R$ 5 mil ou mais. Em troca, os doadores recebem uma citação no site da petista, uma foto autografada e um vídeo de agradecimento. Em seis horas de campanha, mais de R$ 100 mil já tinham sido levantados. A meta é arrecadar R$ 500 mil.

“Essa vaquinha que foi lançada pela internet é um deboche com a população brasileira”, afirmou o deputado tucano. “É um escárnio contra a sociedade brasileira e uma demonstração de que o único interesse dessa senhora [Dilma] é se manter no poder, a qualquer custo. Inclusive ao custo da desagregação, da desestabilização, do declínio em que o país se encontra e que precisa retomar”, disse.

“Falta dignidade para que ela aguarde o final do processo de impeachment sem querer incendiar o país, sem querer boicotar, sem querer trabalhar contra a estabilização do país”, destacou o parlamentar.

Na semana passada, a Justiça Federal do Rio Grande do Sul autorizou o uso dos aviões da FAB por Dilma Rousseff além do percurso Brasília-Porto Alegre, desde que a petista arcasse com os custos das viagens. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo (29), a FAB informou que não pode divulgar o custo logístico das horas de voo por questões “estratégicas” da aviação militar. A primeira viagem a ser custeada por Dilma deverá ser uma ida a Belém (PA), nesta quinta-feira (30), para participar de um evento com simpatizantes do PT.

Para Rogério Marinho, a “vaquinha virtual” idealizada por apoiadores de Dilma Rousseff é um efeito colateral da manipulação exercida pelo governo petista sobre o povo brasileiro, e que precisa ser urgentemente contida.

“O processo de afastamento da presidente demora muito no nosso país, o que gera uma espécie de vácuo jurídico-político que, ao mesmo tempo que atrapalha a economia, a estabilidade, as políticas públicas de médio e longo prazo, permite que situações bizarras como essa possam acontecer”, constatou.

“A presidente deposta deveria estar preocupada com a sua defesa, em explicar à nação brasileira a respeito da catástrofe em que ela conseguiu mergulhar o país, quais foram as razões que levaram o país a retroceder mais de dez anos nos fundamentos macroeconômicos, a ter hoje uma taxa de desemprego acima de quase 12 milhões de desempregados, uma inflação que vem penalizando as classes mais pobres, o caos político, social e ético em que o país está mergulhado. É essa a satisfação que a população espera”, completou o tucano.



Fonte: Site PSDB
Foto: Alexssandro Loyola
Postar um comentário