SPIDER2

CADASTRE SEU BLOG

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Em debate com ministro, Rogério detona UNE e cobra do MEC combate à doutrinação


Coordenador do PSDB na Comissão de Educação da Câmara, o deputado federal Rogério Marinho criticou a União Nacional dos Estudantes (UNE) por não protestar contra o fraco desempenho do país na qualidade do ensino. O parlamentar também cobrou uma posição do Ministério da Educação contra à doutrinação ideológica nas escolas. Esses foram alguns dos pontos principais do discurso do tucano na reunião do colegiado nesta terça-feira (05), que contou com a presença do titular do MEC, Mendonça Filho.

"Não há nada mais criminoso do que impor às crianças um único pensamento, e o que é pior, fazendo assédio moral nas provas, prejudicando a educação dos brasileiros", disse Rogério para completar em seguida: "Se as pessoas não querem a escola sem partido, querem com partido. E não podemos aceitar essa situação, essa doutrinação e hegemonia de um único pensamento. Estratégia de um grupo que passou 13 anos no poder e pretendia se manter com esse artifício".

Sobre a UNE, o tucano lembrou que a entidade "protesta pela saída do PT do poder, mas não faz nada em relação aos baixos índices de qualidade escolar do país". Ainda de acordo com o parlamentar, nas escolas, "estão confundindo democracia com libertinagem. Há eleição para dirigir escolas sem critério. Diretor faz concessões para se eleger e prejudica a qualidade da escola".

Rogério voltou a defender que a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) seja aprovada pelo Congresso Nacional, conforme prevê projeto de sua autoria que já está em tramitação na Câmara. Segundo o parlamentar, "não dá para confiar no CNE para que ele avalie e termine o BNCC, porque lá há hegemonia de um único pensamento. Não há pluralidade".
Postar um comentário