SPIDER2

CADASTRE SEU BLOG

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Divulgada lista de cidades que terão sinal analógico desligado em 2018; No RN serão 26

No RN 26 cidades terão sinal analógico de TVs desligado em 2018
O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou no dia 29 de agosto, a relação dos 966 municípios brasileiros que vão ter o sinal analógico de televisão desligado em 2018 e passarão a contar somente com o sinal digital. A portaria nº 3.493, publicada no Diário Oficial da União, também estabelece os novos requisitos do conversor digital distribuído aos beneficiários do programa Bolsa Família e do Cadastro Único. Ao todo, o sinal analógico será desligado em 1.326 cidades até o fim de 2018.
No Rio Grande do Norte, inicialmente, 26 cidades passarão pela mudança no dia 30 de maio de 2018. Os municípios são: Arês, Brejinho, Ceará-Mirim, Extremoz, Ielmo Marinho, Lagoa de Pedras, Lagoa Salgada, Macaíba, Maxaranguape, Monte Alegre, Natal, Nísia Floresta, Parnamirim, Poço Branco, Riachuelo, Rio do Fogo, Santa Maria, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, São Pedro, Senador Georgino Avelino, Serra de São Bento, Taipu, Tibau do Sul, Vera Cruz, Vila Flor.
A nova portaria complementa outras duas portarias, publicadas anteriormente, que detalham o cronograma de implantação do sistema de TV digital no país. O documento também determina mudanças no conversor digital, de acordo com o que foi proposto e autorizado pelo Grupo de Implantação da TV Digital (Gired). O equipamento garante a interatividade para o telespectador e terá, obrigatoriamente, controle remoto, interface USB, dois tipos de saída de áudio e vídeo, além de permitir a utilização de recursos de acessibilidade.
Os conversores digitais com essa configuração começarão a ser entregues às famílias do Cadastro Único na capital e outras cidades de São Paulo ainda neste ano. Nestas cidades, o desligamento do sinal analógico de televisão está previsto para 29 de março de 2017.
Veja aqui a portaria com todas as cidades que passarão por essa etapa da mudança.
Matéria extraída do portal Montanhas em Ação
Postar um comentário