Seguidores

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Facebook é obrigado a se desculpar por censurar foto de vítima de queimadura



O Facebook teve que pedir desculpas por remover uma fotografia de um ex-bombeiro com cicatrizes graves de queimadura. O site excluiu duas vezes a publicação de uma foto de Lasse Gustavson postada por seu amigo Bjorn Lindeblad para comemorar seu aniversário de 60 anos.
A empresa só decidiu repostar a imagem após 10 mil pessoas compartilharem a publicação de Lindeblad e criticando a “repugnante política” de censura da companhia.  “É um sistema ofensivo que pode ser chamado de racismo”, afirmou Gustavson em entrevista ao jornal sueco Aftonbladet.  O homem foi ferido em uma explosão de um depósito de petróleo em Gotemburgo em 1981 e por isso não possui ouvidos, sombrancelhas e nem cabelo.
Gustavson afirmou que a remoção de sua fotografia não afetou negativamente as comemorações do seu aniversário, mas que isso poderia ter sido diferente se acontecesse com outra pessoa. “Quando tinha 24 anos, eu provavelmente ficaria ofendido e chateado se minhas imagens fossem consideradas desagradáveis ou erradas”, disse.  
Já Lindeblad declarou que só percebeu a “censura” após ouvir outras pessoas reclamando que haviam passado pela mesma situação. Em um novo post na rede social ele acrescentou: “"No começo fiquei pasmado e várias vítimas de queimadas me contataram e explicaram que fotos de vítimas de queimadas são frequentemente classificadas na mesma categoria de fotos sexistas e racistas no Facebook”. Por isso, ele incentivou que as pessoas compartilhassem a terceira tentativa de publicação.  “Você quer me ajudar a falar contra uma política repugnante do Facebook? Compartilhe esta foto de uma das almas mais bonitas que eu conheço", escreveu ele.
A partir daí, o post viralizou e teve mais de 30 mil compartilhamentos. E só então a empresa decidiu permitir a veiculação da imagem e enviou um pedido de desculpas para Lindelblad. Apesar de toda a polêmica, engana-se quem pensa que Gustavson ficou ressentido, ele usará o fato como um exemplo nas suas palestras motivacionais que fazem um grande sucesso na Suécia. 
Com informações do The Independent. 
Foto: Foto: Reprodução/Facebook/Bjorn Lindeblad/VIA YAHOO NOTÍCIAS
Postar um comentário