SPIDER

domingo, 13 de novembro de 2016

Santuário Nacional se torna catedral da Igreja Católica

Foto: André Lucas Almeida/Futura Press
Foto: André Lucas Almeida/Futura Press
A partir deste sábado (12), o Santuário Nacional de Aparecida, principal centro de peregrinação católica do País, passa a ser reconhecido como catedral. O decreto do papa Francisco foi enviado à Arquidiocese de Aparecida em 22 de outubro e promulgado pelo delegado do Núncio Apostólico do Brasil, d. Giovanni d`Anielli, em missa celebrada na manhã de hoje.
“Com a transferência, fica extinto o título de catedral do templo dedicado a Deus, em honra de Santo Antônio, na cidade de Guaratinguetá, passando, então, o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida ao grau e dignidade de igreja-catedral da mesma arquidiocese”, afirma o cardeal arcebispo de Aparecida, d. Raymundo Damasceno Assis, em nota divulgada à imprensa.
Damasceno frisou, contudo, que a transferência do título não retira a importância da Igreja de Santo Antônio, a mais antiga instituição católica da arquidiocese.
Segundo a tradição católica, uma catedral é a igreja oficial do bispo – que não possui uma paróquia específica, já que todas as paróquias pertencem à diocese. Ou seja, a cátedra está ligada à autoridade episcopal.
Apesar de o título reconhecer o status do Santuário, na prática nada deve mudar. Por costume, o arcebispo local já costuma fazer os anúncios oficiais a partir da igreja de Aparecida, tida como mais importante em virtude das razões históricas.
Desde 12 de outubro, Aparecida celebra o terceiro centenário de seu marco fundador, cuja festa será comemorada na mesma data do ano que vem. Em 12 de outubro de 1717, conforme atesta a tradição católica, pescadores encontraram no Rio Paraíba a imagem da santa que se tornaria a padroeira do Brasil, batizada de Nossa Senhora Aparecida. Foi a partir desse episódio que surgiu a devoção à figura.
Por conta da efeméride, diversos eventos estão previstos para o ano que vem. A expectativa, ainda não confirmada oficialmente, é que o próprio papa Francisco esteja no Santuário em 12 de outubro do ano que vem. Em 2013, em sua única visita ao Brasil como sumo sacerdote da Igreja Católica, ele chegou a afirmar que retornaria em 2017.
Ao longo deste feriado prolongado de 15 de novembro, são esperados 319 mil romeiros no Santuário Nacional de Aparecida.
Fonte: Yahoo Notícias
Postar um comentário