SPIDER2

CADASTRE SEU BLOG

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Professor Carlos Fernandes assumirá a Secretaria de Agricultura e responderá pela de obras na gestão de Amazan.

Neste último final de semana, o prefeito eleito de Jardim do Seridó Amazan definiu os secretários. Dentre eles, o nome que chama a atenção é do poeta, professor e engenheiro sanitarista, Carlos Fernandes, ou, para os íntimos, Carlão. Capacidade tem de sobra, filho de Jardim do Seridó, Carlão fez sua carreira profissional em Campina Grande e com certeza fará uma belíssima gestão pela intelectualidade e proatividade junto a uma pasta tão importante que é a Secretaria de Agricultura e Obras. 1- SEC. ADMINISTRAÇÃO – Diógenes de Araújo Santiago. 2– SEC. CULTURA, ESPORTE E TURISMO – Diógenes de Araújo Santiago. (interinamente) 3 – SEC. EDUCAÇÃO – Joaquim Alberto da Silva 4- SEC. DE TRABALHO, HAB. E ASSIST. SOCIAL – Ana Maria Medeiros Vilar dos Santos 5- SEC. FINANÇAS E PLANEJAMENTO – Adriana Maria de Medeiros 6 – SEC. SAÚDE – Glaucione Espínola de Medeiros Brito 7 – GABINETE – Ozires Borges Vilar Neto 8 – CONTROLADORIA – Michele Araújo da Silva 9 – SEC. DA AGRICULTURA MEIO AMBIENTE E PESCA – Carlos Fernandes de Medeiros Filho (Professor Carlão) 10 – SECRETARIA MUN DE OBRAS E SERV URBANOS – Carlos Fernandes de Medeiros Filho 

SOBRE O PROFESSOR CARLÃO: 
(Professor Carlão) (interinamente)

CARLOS FERNANDES DE MEDEIROS FILHO (1951- ) Engenheiro Civil e Sanitarista, professor universitário e escritor, nascido em Jardim do Seridó/RN, em 30/12/1951, Formado pela Universidade Federal da Paraíba e pós-graduado em Engenharia Sanitária e Ambiental. Filho do proprietário rural Carlos F. Medeiros e de Maria P. Azevedo, cresceu no sítio São Roque, município de Ouro Branco, RN. Concluiu seus estudos básicos e médio no G.E.A.A.(Jardim do Seridó, 1964), C.D.S. (Caicó, 1970) e CEEA (Prata-C. Grande, 1971). Concluiu Eng. Civil da antiga Escola Politécnica de Campina Grande (1976) e tornou-se professor no Departamento de Engenharia Civil do CCT/UFPB (1977). Por três gestões foi chefe da Unid. Acadêmica de Eng. Civil e por duas coordenador de Curso de Eng. Civil da UFPB. Professor aposentado pela Universidade Federal de Campina Grande, a UFCG (2012) foi autor de várias publicações durante sua atividade acadêmicos, destacando-se o livro Esgotos Sanitários (1997) pela Editora da UFPB, com 435 páginas. Atualmente trabalha como engenheiro civil projetista e consultor da THC Projetos de Engenharia. Considera-se Engenheiro Civil por formação, Professor Universitário por profissão e Poeta por diversão, é casado (1973) e pai de três filhos.
Postar um comentário