SPIDER2

CADASTRE SEU BLOG

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Os códigos que permitem saber se o seu celular está sendo espionado

Não importa se o seu telefone seja Android ou IOS: se você digitar uma série de códigos especiais na tela, poderá acessar funções secretas, que são comumente usadas por desenvolvedores e testadores. Algumas dessas opções são muito técnicas para serem utilizáveis, mas outras são bem interessantes, permitindo que você conheça uma série de dados ocultos e saiba até mesmo se o seu aparelho está grampeado.
Para acessar essas funções, basta digitar o código no teclado da tela e clicar no botão que faz a chamada. Você visualizará automaticamente as opções.
+#21#
Esse código mostra se as chamadas, dados de terceiros e SMSs do seu celular foram desviados para outro aparelho. Quem quer ver essas informações? Qualquer um que seja excessivamente ciumento (a) para espionar tudo que você faz.
+#62#
Esse código faz a mesma coisa que o primeiro, mas também mostra para qual número as chamadas foram desviadas. Em geral, todos os celulares têm ao menos uma chamada desviada para nossa companhia telefônica, em casos em que não há cobertura da área. É aquele famoso ‘o número que você discou não está disponível’; é o que acontece quando seu aparelho não tem cobertura para receber a chamada, então não entre em pânico.
##002#
Esse é o código universal para desativar todos os encaminhamentos de chamadas, mensagens e dados. O propósito mais útil para essa função é quando estamos em outro país e começamos a usar as taxas de roaming. Quando utilizado, esse código evita que sejamos cobrados por chamadas que caem na caixa postal.
*#*#197328640#*#* (Android)
Esse código é extremamente interessante. Ele abrirá uma tela chamada Field Test, uma ferramenta que mostra informação técnica detalhada sobre as antenas às quais o celular está conectado no momento.
Com essa informação, você pode saber se alguém está tentando rastrear seu celular. Para tanto, é preciso baixar o aplicativo Netmonitor
Primeiro, vá até a sessão UMTS Cell Environment, entrando depois em UMTS info. Feito isso, copie todos os números que aparecem na sessão Cell ID. Esses dados pertencem às antenas as quais nosso celular está conectado.
O segundo passo consiste em ir ao menu principal, pressionar a guia MM info e Serving PLMN. Localize os números que estão em Local Area Code e copie-os.
Em seguida, entre no site OpenCellID e cole os dados para encontrar um mapa das antenas às quais seu celular está conectadoSe os códigos se referem a antenas fixas, não tem problema. Mas se a antena estiver localizada na rua, em uma van, por exemplo, pode se tratar de alguém praticando espionagem.
É claro que também pode ser um veículo utilizado pela companhia telefônica para melhorar a cobertura. Isso acontece quando há alguma transmissão de futebol ou de festivais de música, e com esta grande concentração de pessoas, existe um pico de acessos.
Postar um comentário