DATAHOSTING

PARTNER

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Entidades estudantis se posicionam contra aumento da tarifa de ônibus em Natal


A partir desta segunda-feira (24) a passagem de ônibus em Natal passará a custar R$ 3,35, um reajuste de 45 centavos, conforme anunciado pela Prefeitura na semana passada. Diante do aumento, entidades estudantis com atuação no Rio Grande do Norte se posicionaram contrárias ao novo valor.

A União Potiguar de Estudantes (UPES), a Associação Estudantil do RN (AERN), Associação Nordestina de Estudantes (ANE), a União dos Estudantes Potiguar (UEP), União Dos Jovens Estudantes Do RN (UJERN) e União Nacional Estudantil Brasileira (UNNEB) acreditam que não há motivos para tamanho reajuste e cobram a implantação de contrapartidas acordadas em aumentos anteriores.

“Infelizmente a população sairá mais uma vez prejudicada, pagando um alto preço por um transporte recheado de problemas e desconforto. A Prefeitura autoriza o aumento sem exigir o mínimo, como mais veículos e ônibus novos. Esperamos que os usuários possam se manifestar e cobrar do poder público um retorno pelo que está pagando”, disse Daniel Fernandes, presidente da UPES.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, o reajuste de 15,52% foi decidido durante reunião do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana. O reajuste teria considerado a inflação acumulada nos últimos 12 meses (4,01%) e a projeção salarial reivindicada por motoristas e cobradores - cuja data base é 1º de maio. A UPES esclarece que o aumento da tarifa não estava entre os itens da pauta da última reunião do Conselho de Mobilidade.
Postar um comentário