Seguidores

sábado, 8 de abril de 2017

"Senhores políticos, roubem, mas, com moderação!


Resultado de imagem para corrupção

Ironias à parte, o título não é nenhuma apologia à corrupção suprapartidária que tomou conta do país e apodreceram as instituições. Lógico que muita coisa veio à tona, se investigou mais, dinheiro foi devolvido aos cofres públicos, magnatas foram presos, a roda grande literalmente entrou na pequena. A catraca rodou ao contrário. Não existe crime menor ou maior, o que temos é um país sucateado pela forma de se manter no poder e fazer política. O povo perdeu o respeito com nossos representantes, que na próxima eleição preconize à máxima de um poder que emana do povo. Que reduza os gastos dentro dos gabinetes lotados de ineptos, dos ministérios, das gastanças do governo com publicidade para maquiar os fatos e alienar cada vez mais o povo.

Chegou a hora de dar um grito de liberdade, de impor respeito, de mostrar indignação a cada ato contra o estado democrático. Das votações na calada da noite, dos desvios e desmandos, das propinas, do toma lá, da cá, do clientelismo, da compra de votos, da resignação e indignação contra os que maquinam a destruição de nosso país. Avante, chegou o momento da liberdade do povo contra os males do capitalismo frutos de uma sociedade patrimonialista e consumista como a nossa. Dançar conforme a música, cantar no ritmo e mostrar quem é que manda nesta republiqueta de bananas, que não somos apenas mero expectadores. Se você acredita, copiem, cole, aviso aos amigos que juntos somos mais fortes. 
Postar um comentário