domingo, 6 de maio de 2018

Os melhores (e piores) exercícios para perder peso

Mais vale investir seu tempo em alguns exercícios, em vez de investir em outros [Foto: Pexels]
É difícil perder peso.
Independentemente de quantos iogurtes light nós compramos (espere: na verdade, eles engordam), das frituras que evitamos (isso é inútil) ou das dietas radicais que começamos (não faça isso), é complicado fazer tudo corretamente, não importa o tamanho da nossa motivação.
Sim, é importante seguir a dieta certa, mas se exercitar também é fundamental para perder peso ou manter a forma.
E alguns exercícios são mais eficazes do que outros. Aqui estão as melhores formas de exercício para adicionar aos seus treinos e as atividades que você talvez prefira deixar para o fim de semana.
E lembre-se: nunca desista de um exercício que você ama só porque ele não está entre as atividades que mais emagrecem.
Aproveite os outros benefícios que ele traz à saúde e lembre que é ainda melhor do que ficar esticado no sofá.
Entre os mais eficazes: Musculação
Participe de aulas em grupo, caso não goste de malhar sozinho [Photo: Pexels]
O treino de força influencia nossa taxa metabólica basal, portanto, ajuda a perder peso a longo prazo.
“Um único treino de força pode levar ao aumento constante da TMB, com duração de até 48 horas após o exercício”, disse Matthew Haines, que leciona Saúde e Bem-Estar na Universidade de Huddersfield, West Yorkshire, Inglaterra, Reino Unido ao site The Conversation.
“Além disso, foi observado um aumento na TMB após dez semanas de treino de força, em comparação com o treino de resistência, o que pode ajudar no controle do peso a longo prazo.”
Entre os mais eficazes: Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT)
O HIIT é um dos mais difíceis, porém mais eficazes [Foto: Pexels]
Embora o HIIT seja realmente difícil, parece que o mantra “no pain no gain” é relevante aqui.
“Ele é considerado o mais eficiente em termos de tempo, e pesquisas mostram que esse tipo de exercício pode trazer mudanças rápidas e benéficas para a função metabólica, até mesmo a redução da gordura corporal”, disse Haines.
Entre os mais eficazes: Kickboxing
E você também fica espetacular enquanto se exercita [Foto: Pexels]
Wendy Larkin, gerente de personal trainers na academia Crunch de Polk Street, em São Francisco, disse à Cosmo que você consome mais calorias quando escolhe uma rotina de exercícios cardiovasculares que envolva múltiplos músculos simultaneamente.
Entre eles: spinning, kickboxing e Boot Camp (treino de inspiração militar).
Os menos eficazes: Ioga
Contudo, a ioga tem vários outros benefícios [Foto: Pexels]
personal trainer John Rowley disse ao PopSugar que a ioga “tem muitos benefícios, mas perder peso não é um deles”.
Aparentemente, “você precisa trabalhar seu corpo o máximo possível para perder peso e estimular seu metabolismo”, o que de fato não acontece na ioga.
Os menos eficazes: Corrida
Pelo menos é uma desculpa para sair ao ar livre [Foto: Pexels]
Os corredores de carteirinha podem achar isso particularmente difícil de engolir.
A fisiologista do exercício e especialista em nutrição Rachele Pojednic, PhD, disse à Selfque a prática exclusiva da corrida, para emagrecer, não funciona – é preciso complementar com outras formas de exercício.
“Contar apenas com a corrida não é a melhor maneira de perder peso, pois a queima de calorias é relativamente pequena, em comparação com o tempo investido”, disse ela.
Os menos eficazes: Crossfit
Acima de tudo, não se machuque [Foto: Pexels]
O Crossfit pode ter se tornado muito popular, mas, na verdade, ele é intenso demais para muitas pessoas que buscam uma perda de peso moderada.
“Se o seu objetivo é perder peso e melhorar a saúde, o CrossFit é o exercício que você mais deve evitar”, disse a Dra. Luiza Petre, cardiologista e especialista em controle de peso, à Rodale Fitness. “É intenso demais para muitas pessoas e, muitas vezes, inclui atividades de alto risco.”
“Se for um indivíduo em forma, ativo e atlético, o CrossFit pode ser o melhor treino para você, mas se o seu corpo ainda não estiver em sua melhor forma, não corra riscos desnecessários”, acrescentou ela.
“Você tem mais chances de emagrecer se combinar uma dieta saudável com um programa de exercícios moderados que seja mais sustentável.”
Independentemente do exercício que você escolher, lembre-se de manter aqueles você realmente gosta (quer ajudem a perder peso ou não) e não se esforce a ponto de sentir muita dor.
Fonte: Alice Sholl/Yahoo INTERNACIONAL

Postar um comentário