sábado, 7 de julho de 2018

Nosso maior adversário é a corrupção, nossa seleção tem que ser imbatível!



Óbvio que não é à Suíça, Costa Rica, Sérvia, México e Bélgica. Perder a copa é fichinha perto de derrotas inesquecíveis e quotidianas. O país das malas e dos “malas”, da propina, corrupção sistêmica, suprapartidária, dos conchavos, do clientelismo, das fraudes, dos cabides de empregos de tanta podridão que exala um mau cheiro.
Nossa seleção precisa ser escolhida, pensada e repensada, um time completo escalado pelo Presidente, Senador, Governador, Deputado Federal (Distrital) Deputado Estadual derrotar um fundo partidário, os caciques da política e votar com consciência. Que o patriotismo se estenda até outubro, essa taça será comemorada por todos os brasileiros, sem partidos, sem ideologia, de todas as classes sociais, orientação sexual, enfim, de todos os que amam essa terra.
O Brasil não pode continuar sendo aparelhado por juízes incapazes de fazer justiça, sendo uma propriedade particular de corruptos.

Postar um comentário