quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

MBL quer impeachment de Toffoli por interferir na eleição do Senado

MBL quer impeachment de Toffoli por interferir na eleição do Senado


Movimento Brasil Livre (MBL) pedirá o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli.

O argumento utilizado pelo movimento político para pedir o impeachment do presidente do STF, Dias Toffoli, é de que ele interferiu indevidamente na eleição para a presidência do Senado, ao determinar votação fechada.
O MBL informou que protocolará nesta quarta-feira (6) no Senado Federal o requerimento para afastar o magistrado das funções no Supremo.
Além do MBL, assinam o documento o advogado Modesto Carvalhosa, professor aposentado da Faculdade de Direito da USP, e o movimento Vem pra Rua.
Os autores do pedido de impeachment questionam a decisão expedida por Toffoli na madrugada de sábado (2) que anulou uma manobra do plenário do Senado para que a eleição da presidência da Casa ocorresse com votação aberta.
No documento de agora, segundo a Folha, os signatários argumentam que o presidente do STF “agiu em notória atuação desidiosa e incompatível com a honra, dignidade e decoro de suas funções”.

Nenhum comentário: