sexta-feira, 1 de março de 2019

Blogueira celebrou a morte do neto do ex-presidente Lula



Nas redes sociais, blogueira comemora a morte de Arthur, neto do ex-presidente Lula. Alessandra tentou se justificar, mas outros prints ainda mais cruéis sobre o falecimento da criança foram resgatados. 

Alessandra Strutzel é o nome da mulher que deixou espantados até colegas que a conhecem pessoalmente após uma postagem sádica nas redes sociais.
Ao compartilhar, nesta sexta-feira (1), a informação da morte de Arthur Araújo Lula da Silva, o neto de Lula de 7 anos, ela escreveu o seguinte comentário: “Pelo menos uma notícia boa”.
O texto acompanhava emojis de coração e felicidade, como pode ser visto nas imagens que integram esta matéria.
Minutos e horas se passaram e o post de Alessandra alcançou engajamento no Facebook. A cada segundo, internautas entravam no perfil da mulher não só para criticá-la, mas para procurar entender a origem de tanta maldade.
Alessandra, que se autodefine blogueira e youtuber, não aguentou a pressão e apagou a postagem. Em seguida, divulgou um comunicado com uma justificativa que não convenceu ninguém.
[o texto continua abaixo da imagem]
“Espero que me desculpem. Quero que todos saibam que eu jamais iria comemorar a morte de uma pessoa, muito menos a morte de uma criança. Com a postagem que fiz, eu só queria saber como as pessoas reagiriam, mas agora eu sei que fiz isso de uma forma muito infeliz. Fico contente que a reação tenha sido negativa, porque isso mostra que as pessoas não perderam a sensibilidade. Mas fico triste porque mesmo as pessoas que me conhecem tenham achado de verdade que eu seria capaz de um mal sentimento”, postou Alessandra.
A tentativa de ‘mea-culpa’ soou, no mínimo, esquisita. Mas minutos depois comprovou-se que trava-se de pura falácia. Isto porque internautas resgataram prints ainda mais cruéis em que Alessandra Strutzel aparece dialogando com colegas sobre a morte de Arthur.

A imagem desmente Alessandra e mostra que ela sabia exatamente o que estava dizendo quando celebrou a morte do menino (ver abaixo).

Uma das primeiras internautas a comentar no post já deletado de Alessandra questiona: “Qual é a notícia boa?”. A blogueira responde: “Um filho da puta a menos kkkkk”.
“Acho que você não entendeu. Quem morreu foi o neto, uma criança de 7 anos”, rebate a internauta, incrédula.
A tréplica de Alessandra é ainda mais mórbida: “Entendi sim. Pensa, iria crescer com exemplo do avô, um filha da puta a menos para roubar nosso país”.

Repercussão

O sadismo de Alessandra Strutzel segue repercutindo nas redes sociais. “Essa blogueira passou uns 30 minutos batendo boca com as pessoas e reafirmando o que pensava, agora vem com desculpas, com medo de ser processada”, observou um internauta.
“Postou um pedido de desculpas, disse que queria sentir a reação das pessoas. Cretina! Espero que sofra as consequências legais dos seus atos”, desabafou outra usuária.

Morte de Arthur

Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, morreu no início da tarde desta sexta-feira.
O Hospital Bartira, do grupo D’Or, em Santo André (SP), informou que a criança foi diagnosticada com meningite meningocócica e não resistiu, devido ao agravamento do quadro infeccioso.
Arthur era filho Marlene Araújo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho da ex-primeira-dama Marisa Letícia (que faleceu em fevereiro de 2017) e do ex-presidente Lula, preso desde abril de 2018 na carceragem da sede da Polícia Federal em Curitiba (PR).
A meningite meningocócica é uma infecção causada pela bactéria Neisseria meningitidis. Esta bactéria pode causar inflamação nas membranas que revestem o sistema nervoso central e infecção generalizada.
A defesa do ex-presidente pediu que a Justiça autorize a saída dele para o enterro do neto. O pedido foi protocolado na 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba.
_x_
Ps.: Após a publicação deste texto, Alessandra Strutzel bloqueou os seus perfis nas redes sociais.





Nenhum comentário: