segunda-feira, 11 de março de 2019

Há cada vez mais brasileiros em Portugal, mas também cada vez mais a pedirem ajuda para regressar ao Brasil.


Quase duplicou, no último ano, o número de brasileiros a viver em Portugal que pede ajuda à Organização Internacional para as Migrações (OIM) para regressar ao seu país.
O Programa de Retorno Voluntário destina-se a imigrantes que têm grandes dificuldades em Portugal e querem regressar ao país de origem mas não têm meios próprios para pagar a viagem.
Depois de um mínimo de 190 em 2016, o número de brasileiros inscritos neste programa cresceu para 355 em 2017 e 616 em 2018, segundo dados fornecidos à TSF.
Dos 680 estrangeiros que no último ano pediram ajuda à OIM para sair de Portugal, cerca de 90% eram brasileiros, com 353 a acabarem por receber mesmo o apoio dessa organização internacional para regressar ao país de origem.
Por outro lado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) confirma à TSF que no último ano a comunidade brasileira em Portugal voltou a crescer, apesar de os números finais ainda não estarem completamente fechados.
Recorde-se que em 2017 os brasileiros já eram a principal comunidade estrangeira residente em Portugal, com um total de 85 mil residentes.

Nenhum comentário: