segunda-feira, 25 de março de 2019

Processo Seletivo: “arrumadinho” feijão macassar, tripa e rapadura!







O processo Seletivo não substitui o Concurso público, mas, a maioria dos municípios brasileiros vem usando de má fé para tentar enganar o Ministério Público. Boa parte de cartas marcadas, por isso a comparação com o “arrumadinho” comida típica do sertão à base de feijão macassar, tripa e rapadura.

Os limites prudenciais estourados impedem que as prefeituras realizem concurso, o plano B é realizar tais processos que duram no máximo dois anos. De quebra, os correligionários que não fazem parte dos comissionados, os ditos políticos profissionais dão o velho jeitinho do toma lá da cá. 

Aliás, o arrumadinho (comida é gostoso demais), mas, tudo isso é para demonstrar de forma clara gestões inchadas, serviços sucateados, objetivando a reeleição.

Nenhum comentário: