quinta-feira, 25 de julho de 2019

Gestão pública não é instituição de caridade, a alma mais caridosa do planeta está preso por corrupção!



Não tem essa de usar esse jargão "roubou, mas fez pelos pobres". Para muitos brasileiros o negócio é ser beneficiado, o resto que se dane. À gestão pública não é para ser sinônima de instituição de caridade, mas, para ser modelo de inovação, empreendedorismo e sustentabilidade. As ditas caridades feitas pelos gestores/profissionais da política brasileira tem nome: assistencialismo barato, a arte de fazer o bem para se dar bem. A alma mais caridosa do planeta está preso por fazer demais o bem, tirar bilhões da pobreza e investir em países ditatoriais, acabe com essa falácia e fanatismo, lugar de ladrão não é no poder, mas, na cadeia. 

Nenhum comentário: