CPT

CPT - Centro de Produções Técnicas

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Ex-prefeito de Macau a 2 anos e 6 meses de prisão mais Juíza substituiu a prisão por medidas cautelares


Ex-prefeito de Macau a 2 anos e 6 meses de prisão mais Juíza substituiu a prisão por medidas cautelaresO ex-prefeito de Macau Flávio Veras foi condenado nesta terça-feira (6) a 2 anos e 6 meses de prisão por uso de documento falso, mas a juíza substituiu a prisão por medidas cautelares. Veras está preso desde 4 de dezembro de 2015 e deve ser solto ainda nesta terça.

Pela decisão, o ex-prefeito fica proibido de contratar com o município de Macau, proibido de ocupar função pública no município ou de frequentar repartições públicas da cidade.



O documento citado pelo Ministério Público é uma portaria, na qual teria sido inserida data anterior a assinatura real. A finalidade da portaria, seria simular um rompimento político entre o atual prefeito e Flávio Veras, seu antecessor. O documento teria sido utilizado para embasar a defesa de Veras e obter habeas corpus perante o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), afastando sua responsabilidade pelos crimes desvendados na operação 'Máscara Negra', pelos quais havia sido preso.

A juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista entendeu que "mesmo tendo sido proferida
sentença condenatória, o regime prisional estabelecido - aberto - e a quantidade de pena que resta a cumprir, tornam a prisão preventiva desproporcional ao caso, podendo ser substituída pelas cautelares, somente para evitar a reiteração de crimes, sobretudo, contra a administração pública local".

Crédito foto? Canindé Soares/matéria extraída RN ALERTA

O QUE A MÍDIA NÃO MOSTRA! O POVO CUBANO DANDO AS COSTAS AO FÉRETRO DO DITADOR-FASCISTA FIDEL CASTRO



Amado por uns, odiado por outros, a figura controversa do ditador Fidel Castro divide opiniões. Uma imagem chamou a atenção, Cubanos dando as costas ao féretro do ditador. O que será de Cuba após a morte de Castro?  

CONTAS DO GOVERNADOR ROBINSON FARIA: TCE emite parecer prévio pela aprovação com ressalvas das contas do Executivo Estadual em 2015

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) decidiu emitir parecer prévio favorável à aprovação, com ressalvas, das contas do governador Robinson Faria relativas ao exercício financeiro de 2015. O parecer será enviado para a Assembleia Legislativa do RN, a quem cabe, com base na análise da Corte, julgar as contas do Governo.

O processo foi relatado pelo conselheiro Gilberto Jales, cujo voto foi aprovado por unanimidade. Segundo o voto do conselheiro, a aprovação com ressalvas se deu porque as constatações do relatório técnico “são de natureza formal, seja por descumprimento de exigências legais e regulamentares, seja por se tratarem de impropriedades técnicas, não comprometendo a aprovação das contas sob apreço”.

O Tribunal de Contas irá abrir processos autônomos para apurar fatos constatados pela equipe técnica, entre eles o descumprimento das exigências legais para abertura de créditos suplementares. Além disso, a decisão estabeleceu a inclusão de quatro temas no Plano de Fiscalização Anual. São eles: “a legalidade e economicidade das renúncias de receita, em especial aquelas realizadas com base em programas de desenvolvimento econômico como o PROADI” e “a legalidade do cancelamento de Restos a Pagar processados praticado nos exercícios 2015 e 2016”, no plano 2016/2017; e no plano 2017/2018, “a efetividade dos instrumentos de planejamento do Estado”, além da “eficácia, eficiência e efetividade dos meios utilizados para controle e cobrança da Dívida Ativa”.

A Corte de Contas também decidiu pelo envio das recomendações presentes no relatório para o Executivo Estadual, acerca da necessidade de adotar medidas cabíveis para equacionar o déficit relativo à Previdência do Estado; dar prioridade à cobrança da Dívida Ativa do Estado, cujo saldo em 2015 era de R$ 6,1 bilhões, “com a adoção de um melhor controle do respectivo crédito, inclusive com o monitoramento permanente”; adoção de procedimentos para diminuir a inadimplência no âmbito da Caern, fixada em R$ 55 milhões em 2015, e diretrizes para sanar “os elevados aportes financeiros” do tesouro estadual no âmbito da Datanorte, que em 2015 chegaram a R$ 73 milhões; entre outras.

CURSO DE ELETRICISTA DE MOTOCICLETAS É REALIZADO EM CARNAÚBA DOS DANTAS!

O curso de eletricista de motocicletas está sendo realizado no Centro de Cultura e Turismo “MESTRE FRANÇA”, o aperfeiçoamento profissional, voltado para mecânicos que pretendem fazer manutenção no sistema elétrico. O referido curso tem uma carga horário de 60 horas. Ele é pré-requisito para outro curso, o de Injeção eletrônica flex. O objetivo é aperfeiçoar, capacitar e atualizar mecânicos da região com novas tecnologias. O curso é ministrado por Roberto Freire, professor do SENAI. Após o término será ministrado o de injeção eletrônica com duração de 40 horas. 





Foto: Roberto Freire TELEFONE CONTATO: 8499842-6357 WHATSAPP

Concurso Bombeiros PE 2017: Comissão interna já está formada! Oferta de 300 vagas!

O próximo concurso do Corpo de Bombeiros do Estado de Pernambuco(Concurso Bombeiros-PE 2016/2017) será divulgado muito em breve. No segundo semestre deste ano, mais precisamente em setembro, uma comissão interna foi definida (veja abaixo), com propósito de normatizar e acompanhar execução do concurso público destinado a 300 vagas para Soldado, cujo requisito é de nível médio.
comissao-bombeiros-pe
A abertura de novo concurso para Bombeiros-PE 2016 foi uma das cláusulas incluídas na proposta apresentada pelo Governo à representantes da categoria após paralisação que exigia também reajuste salarial para policiais e bombeiros. A proposta foi aceita pela Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE). Ainda de acordo com o Centro Integrado de Comunicação da SDS-PE, o passo agora é iniciar os preparativos para escolher o organizador do Concurso Bombeiros-PE, que deve ser escolhida através de processo de licitação.

Vagas e Requisitos Concurso Bombeiros-PE 2016/2017

Além de confirmar o quantitativo de vagas, a secretaria confirmou que o cargo de soldado exigirá o nível médio completo. Os inscritos serão avaliados por prova objetiva (todos), e os aprovados ainda passarão por exames de aptidão física, avaliação psicológica, exames médico e investigação social. Por fim, haverá curso de formação e habilitação de praças, cuja bolsa para os alunos será de R$970,42. O salário inicial após o curso de formação chegará a R$2.719,88.

    Último Concurso Bombeiros-PE

    O último concurso realizado pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco (Concurso Bombeiros-PE) foi em 2006. Na época, o certame ficou sob organização do Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico (Ipad). O edital publicado contou com 250 vagas para soldado, por um total de 8.629 inscritos.
    Os inscritos foram avaliados por prova objetiva, com 60 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa, dez de Matemática, dez de História, dez de Geografia e dez sobre Noções de Direitos e Garantias Fundamentais. A duração do exame foi de quatro horas.
    Os aprovados na prova objetiva foram avaliados por teste físico, composto de prova de 50 metros rasos, flexão de braços na barra fixa para homens e no solo para mulheres, natação em piscina de 25 metros, flexão de abdômen e corrida de 2.400 metros. Os índices variavam de acordo com o gênero. Além disso, o concurso teve exame psicológico, avaliação médica e investigação social, e por fim, curso de formação.

    MPF em Caicó: acordo fixa prazo para obras de aterros sanitários


    Os municípios da região do Seridó têm até 19 de dezembro para apresentar à Justiça Federal o cronograma de atividades para a construção do aterro sanitário regional do Seridó. O prazo foi fixado em audiência da 9ª Vara da Justiça Federal, resultado de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) em outubro de 2016. Se não cumprirem o acordo, ou causarem atraso no cronograma, os agentes políticos envolvidos poderão ser multados em 5 mil reais por dia. A multa apenas não abrange o município de Santana do Matos, que somente passará a integrar formalmente o Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó na data provável de janeiro de 2017.

    A ação foi proposta buscando solucionar o problema dos lixões existentes em 25 municípios potiguares, sendo 23 da região do Seridó. Esses espaços de descarte de resíduos a céu aberto estão instalados em locais inadequados, levando diversos riscos à população, e alguns até mesmo em áreas de preservação que compõem a bacia do Rio Piranhas-Açu. Os danos ambientais podem ser graves e irreversíveis, pois os lixões funcionam em “condições absurdamente periclitantes”.

    A ação do MPF, de autoria do procurador da República Bruno Lamenha, ressalta que a Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída em 2010, previa o fim dos “lixões” e a instalação de aterros sanitários regularizados em todos os municípios do país até agosto de 2014. Além disso, desde 2009 o MPF e o MP Estadual vinham firmando termos de ajustamento de conduta (TACs) com Ibama, Idema e 12 municípios da região: Acari, Caicó, Cruzeta, Florânia, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Ouro Branco, Parelhas, São João do Sabugi, São José do Seridó, Serra Negra do Norte e Timbaúba dos Batistas.

    O Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que divide o estado em cinco áreas e prevê a construção de um espaço de descarte para cada região, criou cinco consórcios que ficariam responsáveis por esses aterros. No Seridó, o consórcio foi instalado em 2009, reunindo os 25 municípios réus na ação, mas teve suas atividades praticamente paralisadas após as eleições de 2012.

    O aterro previsto seria construído em Caicó, atendendo às demais cidades através de seis estações de transbordo, localizadas em Cerro Corá, Currais Novos, Jardim do Seridó, Jucurutu, São João do Sabugi e Florânia. A obra não saiu do papel e todos os prazos contidos nos TACs se esgotaram. O MPF executou judicialmente os acordos e mesmo com a Justiça aplicando parte das multas previstas em razão do descumprimento, os lixões irregulares continuam sendo o destino dos resíduos.

    São réus na ação do MPF, além do Consórcio Regional de Resíduos Sólidos do Seridó, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o Governo do Estado, os 12 municípios que assinaram TACs e ainda Bodó, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Equador, Ipueira, Jucurutu. Lagoa Nova, Santana do Matos, Santana do Seridó, São Fernando, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz. Estes, mesmo sem terem assinado acordos, vêm desrespeitando a legislação ambiental.

    Dinheiro devolvido – O MPF alerta para o risco de uma verba de R$ 22 milhões ter de ser devolvida à União. Ela foi destinada à construção do “Sistema de Aterros Sanitários Coletivos referentes ao Seridó e à região do Alto Oeste” e os recursos foram viabilizados por meio de convênio entre Funasa e Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh/RN), porém a vigência se encerra no próximo dia 13 de dezembro deste ano e os valores só serão liberados com a aprovação técnica dos projetos de engenharia e da regularização dos terrenos, ainda pendentes.

    Riscos à população - Vistorias do Ibama nos atuais lixões apontam o descarte de carcaças de animais, material hospitalar, resíduos dos matadouros e diversas áreas com sinais de que tem ocorrido a queima ilegal do lixo. A análise evidencia que nenhum dos espaços atende a critérios mínimos estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

    A existência dessas áreas favorece a proliferação e atração de urubus, mosquitos, moscas, bactérias, fungos, dentre outros vetores de doenças transmissíveis aos seres humanos. Somado a isso, não são promovidas quaisquer ações de redução dos danos ambientais.

    A ação tramita na Justiça Federal sob o número 0800691-57.2016.4.05.8402.



    Assessoria de Comunicação
    Procuradoria da República no RN

    Comissão de Viação aprova projeto de Walter Alves que prorroga a isenção de frete portuário

    A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei do deputado federal Walter Alves (PMDB) que prorroga até janeiro de 2022 a isenção do Adicional ao Frete para a Renovação da Marinha Mercante (AFRMM) para as mercadorias com origem ou destino final em portos das regiões Norte e Nordeste. O projeto beneficia, entre outras atividades, a indústria salineira do Rio Grande do Norte.

    A proposta apresentada por Walter Alves (PL 5758/16) recebeu parecer favorável do relator na Comissão, deputado Edinho Bez (PMDB-SC). “Fico feliz pela aprovação do projeto na Comissão porque essa medida beneficia a indústria brasileira, especialmente a produção de sal no nosso estado”, diz Walter. O Rio Grande do Norte é responsável por 95,2% da produção de sal marinho no Brasil. O Chile é o nosso concorrente mais próximo.

    De acordo com Sindicato da Indústria da Extração do Sal no Estado do Rio Grande do Norte (Siesal), sem a isenção do AFRMM, o custo de transporte do sal marinho brasileiro ficará mais caro em pelo menos 10% e, consequentemente, haverá dificuldades no setor responsável por 15 mil empregos diretos e 50 mil indiretos.

    Incidência
    Previsto na Lei 10.893/04, o AFRMM incide sobre os fretes cobrados pelas empresas brasileiras e estrangeiras de navegação que operam em portos brasileiros. A alíquota varia de 10%, 25% e 40% do valor do frete, dependendo do tipo de navegação (cabotagem, longo curso e fluvial).

    O tributo é classificado como uma contribuição de intervenção no domínio econômico (Cide) e serve como fonte de recursos para o Fundo de Marinha Mercante (FMM), que apoia o desenvolvimento da marinha mercante e da indústria de construção e reparação naval brasileira.

    Tramitação
    O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado ainda pelas comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

    CARNAUBENSES AFIRMAM TER VISTO BOLA DE FOGO NO CÉU!

    Resultado de imagem para meteoro
    Foto ilustrativa


    Agora a pouco, internautas postaram ter visto uma bola cruzando o céu na Terra da Música. Talvez um meteoro! O fato é que objetos voadores ou estranhos vem aparecendo alguns meses atrás. O fato é que não estamos sozinhos neste planeta. Entretanto, um risco maior assusta os terráqueos, o homem achou pouco poluir o meio-ambiente e poluiu também o espaço. Deixe seu recado. 

    Socialismo ou Capitalismo? Direita ou Esquerda? Qual o melhor?

    Após à Ditadura Militar o país retomou seu crescimento, com erros e acertos, escândalos, desvios e desmandos. Desde o Brasil de Collor ao de Michel Temer passaram por transformações na economia. 
    Indo direto ao assunto, Esquerda ou Direita? Socialismo ou Capitalismo? Ora, o problema é que à Esquerda se uniu à Direita, ambas tiveram seus acertos e erros, por trás à ganância, o maldito ser humano que se juntaram para acabar com o país, para sucatear e entregar as baratas.

    Somente um país como o nosso para sustentar um Congresso corrupto, são mais de 11 bilhões todos os anos e uma crise de ingerência política nas três esferas. Ora de dar um basta, chega de tanta roubalheira. 

    MEI pode usar a própria residência como empresa


    Nova lei, sancionada em abril, autoriza o microempreendedor a usar a residência para sediar o negócio, reduzindo custos e oferecendo alternativa aos desempregados
    A cerimonialista Rosângela Maia, 39 anos, moradora de Taguatinga (DF) resolveu abrir o próprio negócio há seis anos. Mas para se tornar microempreendedora individual precisou alugar um escritório para registrar como sede da empresa, a Diversão Eventos. Paga R$ 700 mensais de aluguel, mais a tarifa de energia, para manter o local, distante uns dez quilômetros de casa. Com a nova lei sancionada em abril (Lei Complementar 154/2016), que autorizou o uso do endereço da residência para sediar o estabelecimento comercial, Rosângela poderá cortar esse custo do escritório.
    Casos como o dela mostram que é possível arrefecer a crise econômica e oferecer alternativa aos milhões de desempregados do país. Desde 2012, aproximadamente 1 milhão de pessoas tem se formalizado como microempreendedores a cada ano, segundo dados do Sebrae. Em 2015, foram 5,6 milhões de inscritos em todo o país e a expectativa é que esse número aumente mais em 2016, confirmando o dinamismo do setor.
    A nova lei que autorizou os microempreendedores individuais (MEIs) a registrar o negócio em sua própria casa, sempre que não for exigida a existência de local próprio para o exercício da atividade, veio para ajudar.
    — Como atendo mais por e-mail e por telefone, não precisarei de um escritório. Isso é um custo a menos para a empresa e um pouco mais de conforto para mim. Consigo assim dar mais atenção à família ao não precisar sair da minha casa — comemora Rosângela.

    Facilidades

    Senado Federal - Portal de NotíciasA lei, de iniciativa do deputado Mauro Mariani (PMDBSC), foi aprovada no fim de março pelo Congresso. Ela acrescentou o parágrafo 25 ao artigo 18-A da Lei Complementar 123/2006, que criou o Simples Nacional. A intenção é facilitar a adesão das pessoas ao Simples, afastando restrições impostas por leis estaduais que não permitem o uso do endereço residencial para cadastro de empresas.

    Conforme explica José Carlos Silveira, consultor legislativo do Senado na área de direito econômico e regulação, direito empresarial e do consumidor, a lei cria um ambiente mais propício para a formalização das empresas ao afastar qualquer possibilidade de conflito para a residência funcionar como sede do estabelecimento. Além disso, ao permitir que o MEI dispense o aluguel de um imóvel comercial, a lei reduz despesas, fazendo com que sobrem mais recursos para empreender.
    — As melhorias começam, basicamente, com a facilidade para abertura de empresas, desburocratizando o ambiente. E, num país com mais de 10 milhões de desempregados, é mais um estímulo para que ele formalize o negócio — acredita o consultor.
    Para Blairo Maggi (PR-MT), que relatou o projeto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), são grandes os benefícios da lei.
    — Empreender ficava mais caro, com aluguel, energia, e segurança. Isso impedia as pessoas de iniciarem um pequeno negócio. Com essa mudança, as coisas se inverteram. Tudo ficou mais barato e ainda é possível contar com a ajuda dos filhos e dos cônjuges para secretariar o processo, coisas que antes não havia condições de fazer — reforça.

    Sonhos

    O presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, sustenta que muitos profissionais alimentam o sonho de abrir o próprio negócio. Mas, por terem emprego, se mantêm numa espécie de zona de conforto. Ao serem demitidos, recebem o sinal para tentar concretizar o sonho e ir à luta.
    Levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com base em dados da Receita Federal, indicou o avanço de registros de microempreendedores individuais no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o mesmo período de 2015. A pesquisa mostrou que os registros de MEIs cresceram 14,3%, enquanto as microempresas e demais formas jurídicas diminuíram 10,4% e 19,6%, respectivamente.
    Para Afif Domingos, os MEIs contribuem para movimentar a economia do país, ressaltando que, nos últimos anos, contingente equivalente à população do Uruguai saiu da informalidade e se tornou microempreendedor.
    — Essas pessoas passam a ser tanto contribuintes da Previdência Social quanto beneficiários. Ajudam a gerar renda. E se tiverem sucesso, geram empregos — explica o presidente do Sebrae.
    O início do programa de MEIs foi difícil, diz Afif Domingos, que foi secretário especial da Micro e Pequena Empresa do governo federal. Ao registrar o próprio endereço como sede da empresa, muitas vezes o microempreendedor via a prefeitura e as concessionárias de energia, telefone ou água subirem os valores das cobranças pelo serviço por identificar o local como de funcionamento de pessoa jurídica. Ou então, ao perceberem que era somente a residência do empreendedor, proibiam que aquele endereço fosse usado como sede do estabelecimento. Com a nova lei, o uso do endereço residencial não acarretará em aumento de IPTU, luz e água.
    — Por exemplo: o cidadão limpa piscinas e dá o endereço da residência porque presta serviços nas casas dos clientes. Antes ele tinha de ir ao contador, que criava um endereço e cobrava por isso. Era comum encontrarmos em determinada casa mais de 300 CNPJs de microempreendedores que alugavam aquele endereço para formalizar suas atividades. Agora isso é desnecessário — esclarece.

    Modernização

    Blairo afirma que a lei converge com os novos modelos de trabalho, em que se estimula cada vez mais o home office (escritório doméstico). A popularização da internet e das redes sociais facilitou o trabalho em casa.
    Ao autorizar o registro da empresa no endereço residencial, a nova lei não definiu quais as atividades de risco que precisam de regulamentação. Para Blairo, o MEI tem de ter responsabilidade para não incomodar os vizinhos. Lembrou que em caso de barulho ou risco para a vizinhança, há órgãos competentes para fiscalizar e resolver o problema.
    Para o Sebrae, o risco é baixo. Os MEIs se concentram, principalmente no setor de serviços, com 42,12% do total de registros. O comércio detém 36,6%. A participação dos outros é pequena: indústria (11.6%), construção ( 9,44%) e agropecuária (0,08%).
    Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

    Divulgação do RN alcançará milhões de potenciais turistas estrangeiros

    Durante todo o mês de dezembro, os principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte serão vistos por milhares de passageiros de voos com destino a países europeus, das Américas do Norte e do Sul e ainda da África. A revista de bordo da companhia aérea TAP deste mês traz na matéria de capa as belezas potiguares, além do encosto de cabeça em cada assento e em todos os voos, com mapa interligando a Europa a Natal.

    A divulgação pelo período de um mês é fruto de contrato assinado entre o Governo do Estado e a companhia TAP, com recursos do RN Sustentável, no último mês de outubro. A promoção inclui ainda exibição de filmes promocionais do RN nos sistemas de entretenimento a bordo, e divulgação pelos canais de comunicação online da TAP, como websites da companhia, suas redes sociais e newsletters endereçadas aos diversos segmentos de cliente, com um alcance de vários milhões de potenciais turistas.

    “É uma promoção inédita do Governo com a companhia, que já opera há 15 anos em nosso Estado. E com isso nosso Estado será visto em vídeo, em revista, em meios digitais e ainda no encosto dos assentos. Uma divulgação com alcance para milhões de passageiros, sobretudo nos 45 cidades europeias onde a companhia está presente e já que a TAP transporta mais de 11 milhões de passageiros por ano”, destaca o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

    Para a presidente da Emprotur, Aninha Costa, esta campanha ratifica a aposta do Governo do Estado na pasta do turismo e a confiança de que o setor possibilita maior receita ao cofre estadual. “É uma divulgação, sobretudo, oportuna, em um mês de alta temporada e com foco em mercado potencial para nosso turismo durante o período. Isso só comprova o planejamento estratégico do Governo no investimento em nosso segmento”, completa.

    A campanha se junta aos esforços do Estado na promoção dos seus destinos. Desde o ano passado o Governo tem investido de forma maciça na divulgação turística e na participação em feiras de Turismo, na esfera nacional e no mercado internacional. Somente este ano já foram 25 feiras e eventos com a presença do RN, em eventos na Espanha, Inglaterra, Portugal, Alemanha, Holanda, França, Itália, Argentina, Colômbia e Chile. 

    Como resultado destes investimentos do Governo do Estado, o Rio Grande do Norte foi apenas um dos três estados do Brasil a registrar aumento de turistas estrangeiros no primeiro semestre deste ano, com percentual 43,77% superior ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Superintendência da Polícia Federal no RN.

    Repatriação: governador do DF diz que não há definição sobre repasse da multa aos Estados

    Ag. CNMA partilha dos recursos da multa da repatriação continua sendo tema de conversas entre governadores e o Palácio do Planalto. Nesta sexta-feira, 2 de dezembro, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, afirmou que ainda está em aberto se haverá divisão da multa com os Estados neste ano. “Isso é com o governo”, disse.
    Rollemberg foi anfitrião de um almoço com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e outros governadores do Fórum Brasil Central, que reúne Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, além do Distrito Federal. Segundo ele, a divisão da multa da repatriação com os Estados não foi tratada. “Discutimos o quadro econômico nacional”, explicou Rollemberg.
    Os representantes estaduais esperam obter o quanto antes uma decisão do presidente Michel Temer sobre a divisão dos recursos. Na quinta-feira, 1.º dezembro, após reunião no Planalto, eles disseram que Temer demonstrou intenção de acatar o pedido, mas não deu a palavra final.
    Caso a divisão não ocorra, os governadores já sinalizaram que vão seguir com a ação no Supremo Tribunal Federal (STF) que pede o repasse do dinheiro.
    Da Agência CNM, com informações da Agência Estado

    Matéria extraída CNM

    domingo, 4 de dezembro de 2016

    Manifestações a favor da Lava Jato reúnem milhares de pessoas neste domingo

    Manifestantes protestam na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo (4), em apoio à operação Lava Jato e contra as mudanças no projeto de lei que trata das 10 medidas de combate à corrupção (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo)

    Manifestantes protestam na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo (4), em apoio à operação Lava Jato e contra as mudanças no projeto de lei que trata das 10 medidas de combate à corrupção (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo)combate à corrupção (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdodão Conteúdo)
    As manifestações a favor da Operação Lava Jato e contra a corrupção neste domingo (4) aconteceram de forma pacífica e reuniram milhares de pessoas em todos os 26 estados mais o Distrito Federal. Até as 19h55, os atos foram registrados em 81 cidades e haviam mobilizado 75 mil pessoas, segundo a Polícia, e 474 mil, segundo organizadores. Veja o mapa das manifestações
    G1 acompanhou em tempo real os atos pelo país. Veja como foi a cobertura dos protestos
    Vestidos principalmente de verde e amarelo, os manifestantes defenderam, entre outros, as dez medidas contra a corrupção propostas pelo Ministério Público Federal. Alguns seguraram faixas em defesa da operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro.
    Os alvos principais do protesto foram os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O presidente Michel Temer foi poupado.
    Em notas separadas divulgadas durante a tarde, Renan disse que as manifestações são "legítimas" e "devem ser respeitadas", Maia informou que a Casa “recebe com atenção e respeito" as manifestações ocorridas neste domingo, e Temer considerou os atos como "comportamento exemplar" e disse que "demonstra o respeito cívico que fortalece ainda mais nossas instituições".
    Fonte: G1


    SOBRE A PEC 55 E OS 10,5 BILHÕES CORTADOS DA EDUCAÇÃO DURANTE O DESGOVERNO DILMA ROUSSEF!

    Logo após as eleições, a Presidente Dilma Roussef mostrou para que veio, de cara com o lema de "Pátria Educadora" cortou 10,5 bilhões de reais afetando programas como PRONATEC, Ciências sem Fronteiras, etc. Em miúdos, o tema da PEC 241 que passou para 55 de fato tem movimento à mídia, entretanto, é preciso controlar os gastos do governo. 

    A discussão é pertinente, entretanto, o país passa por uma crise generalizada, sobretudo do inchaço na máquina pública, se gasta mais do que arrecada, algo tem que ser feito. A falta de investimento na educação e o sucateamento na saúde não vem de hoje. À ingerência política, o modus operandi vem da necessidade de permanecer no poder. Nós, sociedade, precisamos deixar de lado os "lados" e entender que à política e seus meandros são mais complexos do que se imagina. Abaixo tem os links dos cortes da ex-presidente Dilma Rousseff e especialistas debatendo sobre a PEC 55. 

    Economistas desmistificam argumentos a favor da PEC 241


    Educação perde R$ 10,5 bi em 2015



    sábado, 3 de dezembro de 2016

    Deputado autor da emenda contra a Lava Jato leva ‘tomataço’ no aeroporto (veja vídeo)





    Ao ser interpelado por um cidadão no aeroporto de Brasília, o deputado Weverton Rocha (PDT-MA), que foi o escalado pela Orcrim para apresentar a emenda que desfigurou a ‘10 medidas contra a corrupção’, tentou se justificar com argumentações improcedentes e descabidas.
    Como ‘bom vilão’, o tal Weverton é dissimulado e topetudo.
    O cidadão não resistiu, fez questão de ‘presenteá-lo’ com um ‘tomataço’ e ao final do vídeo avisou que estará todos os dias no aeroporto.
    da Redação

    JOVEM DESAPARECIDO PEDRO HENRIQUE CALAZANS FOI ENCONTRADO NESTA MADRUGADA!

    O jovem que se encontrava desaparecido, Pedro Henrique Calazans foi encontrado por volta das 2:00 da madrugada, encontra-se bem na companhia dos pais. A informação veio através do pai que agradeceu a este blog e a todos os internautas nas redes sociais e whatsapp. Externo os votos de muita paz a todos os seus. Obrigado aos leitores do blog A Voz do Povo espalhado nas redes sociais. 

    Concurso do SAMU CISSUL-MG 2016: Inscrições abertas para todos os níveis! Até R$7mil!

    Resultado de imagem para SAMUO Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas Gerais recebe a partir do dia 07 de novembro, as inscrições do concurso (Concurso do SAMU CISSUL-MG 2016) que tem objetivo de preencher nada menos que 556 vagas e formar cadastro reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade (fundamental, médio e superior). O IBGP coordenará o certame, que tem dois editais divulgados.
    De acordo com o primeiro edital, 01/2016, as vagas são destinadas aos cargos de Auxiliar de Regulação, Controlador de Frota, Médico, Enfermeiro, Técnico Contábil, Técnico de Segurança do Trabalho, Assistente Administrativo, Psicólogo e Médico do Trabalho. Já o segundo edital, 02/2016, conta com vagas para Condutor Socorrista, Técnico de Enfermagem, Médico Intervencionista e Regulador, Enfermeiro e Auxiliar Administrativo.
    Os salários oferecidos pelo concurso do SAMU CISSUL-MG 2016 oscilam entre R$ 880,00 e R$ 7.746,90. Veja como realizar a inscrição a seguir.

    Prepare-se: Apostila para o concurso CISSUL SAMU 2016 – Atualizada

    O CISSUL-MG

    O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (CISSUL) comanda a rede com 153 cidades e 27 hospitais do Sul do Estado de Minas Gerais. É considerada a maior administradora do SAMU do Brasil.
    Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) é um serviço de atendimento médico brasileiro, utilizado em casos de emergência. Foi idealizado na França, em 1986 como Service d’Aide Médicale d’Urgence — que faz uso da mesma sigla “SAMU” — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo.

    Inscrição Concurso do SAMU CISSUL-MG 2016

    As inscrições no concurso devem ser realizadas entre 07 de novembro de 2016 e 05 de dezembro de 2016 (15h59), no endereço eletrônico oficial da organizadora (www.ibgpconcursos.com.br). A taxa de inscrição oscila entre R$50,00 e R$180,00.

    Avaliações

    Os inscritos no concurso serão avaliados por provas objetivas (todos), títulos e prática (somente para condutor socorrista, técnico de enfermagem, enfermeiro, médico intervencionista e regulador).
    As avaliações serão aplicadas em Alfenas, Guaxupé, Itajubá, Lavras, Passos, Pouso Alegre, São Lourenço e Varginho no dias dias 17 e 18 de dezembro de 2016. Os gabaritos serão disponibilizados no dia 18.
    Os locais e horários de provas serão divulgados no site já citado. A validade do concurso será de dois anos, mas pode ser prorrogado por igual período.

    UTILIDADE PÚBLICA, COMPARTILHE, POR FAVOR:PEDRO HENRIQUE CALAZANS ESTÁ DESAPARECIDO, AJUDE A ENCONTRÁ-LO!

    sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

    CONGRESSO...VERGONHA NACIONAL! CAMPANHA, "NÃO REELEJA NINGUÉM"

    Resultado de imagem para ratos no congressoEnquanto vivenciávamos uma das maiores tragédias aéreas do voo com jogadores da Chapecoense, SC, nossos políticos aprontaram nas  10 medidas contra à corrupção. O mundo testemunhou o que todos sabemos, hora de dar um basta nestes vermes, indecentes que dizem ser representantes do povo brasileiro. Congresso, vergonha Nacional e só poderemos exterminar os ratos encontrando à causa da proliferação. Pelo fim das regalias de nossos políticos e disseminando a campanha “Não reeleja ninguém!".