sexta-feira, 29 de julho de 2016

Convenção do PSD Carnaubense será realizada no próximo 05 de agosto



A presidente do PSD Carnaubense Nana Medeiros convida todos os carnaubenses e filiados para prestigiarem à convenção que definirá as champas de prefeito (a), vice-prefeito e vereadores. O evento acontecerá 05 de agosto na câmara municipal, das 14 às 18 horas neste município. 

Nota de pesar pelo falecimento da criança Emanoel



As redes sociais em Carnaúba dos Dantas estão em luto pelo falecimento do anjo Emanoel, filho do casal João Leôncio (Liu) e Maria. Venho, através deste, consternar-me com a passagem do garotinho que morreu devido as complicações de uma infecção pulmonar, vindo à óbito em Campina Grande. Há sempre um tempo determinado por Deus, nascemos, crescemos e "morremos." Para os que creem, haverá uma nova vida em Cristo. Que Deus conforte à família enlutada e leve Emanoel para junto dos anjos. Descanse em paz. 

Concurso Aeronáutica Sargentos 2016: Edital, Vagas e Inscrição

Foi divulgado no Diário Oficial da União da última terça-feira, 19 de julho, o edital de concurso público (Concurso Aeronáutica Sargentos 2016) com 149 vagas para o Curso de Formação de Sargentos, para ingresso no ano de 2017. Podem participar candidatos de ambos os sexos.
Do quantitativo de vagas oferecidas, 21 são destinadas ao cargo de Guarda e Segurança (SGS), que para participar, será necessário ser do sexo masculino. O restante das vagas, 128, serão destinadas a função de Controle de Tráfego Aéreo (BCT), com oportunidades para o sexo masculino e feminino. Para estar apto em uma das vagas, o candidato deve cumprir todas as exigências previstas nas Instruções Específicas, além de ter entre 17 e 25 anos completos até o dia 31 de dezembro de 2017.
Inscrição Concurso Aeronáutica Sargentos 2016
As inscrições no Concurso Aeronáutica Sargentos 2016 serão realizadas entre 01 e 25 de agosto de 2016, no site oficial da FAB (http://www.fab.mil.br/). A taxa de inscrição custará R$60,00.
No ato da inscrição, o candidato deverá escolher uma das cidades para a realização da prova. Lembrando que as avaliações serão aplicadas em Campo Grande (MS), Canoas (RS), Santa Maria (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Belém (PA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP) e São José dos Campos (SP).
Avaliações
Os inscritos no concurso serão avaliados por provas escritas, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de condicionamento físico e validação documental. Na prova escrita, os alunos serão submetidos a realizarem questões de língua portuguesa, língua inglesa, matemática e física.
As avaliações serão aplicadas na data prevista de 13 de novembro, nas cidades já citadas na matéria. Se aprovado, os alunos devem se apresentar em 21 de janeiro de 2017, na cidade de Guaratinguetá (SP), na Escola de Formação de Sargentos, com objetivo de efetivar a matrícula no Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS), com duração aproximada de 2 (dois) anos e abrange instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado. Após aprovação no curso, o aluno será considerado OM do COMAER, apto em todo o território nacional.

Os editais e demais publicações serão publicados no site (http://www.fab.mil.br/).

Fest Bossa & Jazz prorroga inscrições do edital “Novos Talentos do RN”

Ótima notícia para os músicos do Rio Grande do Norte. A organização do Fest Bossa & Jazz – Circuito 2016 prorrogou as inscrições para o edital “Novos Talentos do RN”. Então, se você se imagina tocando em um grande festival como este, não perca tempo. As inscrições estão disponíveis até o dia 30 de julho através do site www.festbossajazz.com.br/participe/. Aproveite e participe!
Os vencedores, além de tocarem durante 45 minutos no Festival, ganham ajuda de custo no valor de R$ 2 mil, um vídeo promocional (vídeo release) para divulgação online contendo depoimento sobre carreira e com uma música executada no Palco Principal do Fest Bossa & Jazz.
O Fest Bossa & Jazz tem o patrocínio da Cosern – Grupo Neoenergia e Oi através do Governo do Estado do Rio Grande do Norte pela Lei Câmara Cascudo com apoio cultural da Oi Futuro, Cyrela Plano & Plano, SESI Sistema FIERN, Luck Receptivo, parceria do SESC Sistema Fecomércio e promoção da Inter TV Cabugi. A realização fica por conta de Juçara Figueiredo Produções, Secretaria de Turismo do Governo do RN, RN Sustentável e Emprotur através do Banco Mundial.


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Para brasileiros, Tribunais de Contas são essenciais no combate à corrupção e à ineficiência, revela pesquisa Ibope/CNI

O trabalho dos Tribunais de Contas é visto pela sociedade como decisivo no combate à corrupção e à ineficiência dos gastos públicos, opinião de cerca de 90% dos entrevistados que conhecem a instituição. Essa é uma das conclusões da pesquisa Ibope, realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), que mediu o conhecimento e a avaliação da população brasileira sobre os Tribunais de Contas. Foram entrevistadas 2.002 pessoas entre os dias 24 e 27 de junho de 2016. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

CONHECIMENTO - Conforme os dados da pesquisa, ainda é relativamente pequeno o número de pessoas que efetivamente conhece o que são e o que fazem os Tribunais de Contas (apenas 17%). “Embora o percentual dos que conhecem e sabem definir as atribuições dos Tribunais de Contas não seja tão expressivo, ele não destoa do conhecimento do cidadão em relação a outros órgãos e Poderes de mesma natureza. Essa percepção cresce com o nível de escolaridade dos entrevistados, mas fica evidente que é preciso melhorar os processos de comunicação com vistas a sermos mais conhecidos pela sociedade como um todo”, afirma o presidente da Atricon, Valdecir  Pascoal.
chart
RECORTE - Os números divulgados a seguir se referem à opinião da parcela da população que mostrou conhecer, de fato, a instituição. “Entendemos que esse público é quem tem as melhores condições para avaliar os Tribunais de Contas”, explica Valdecir Pascoal.
O resultado completo da pesquisa está disponível para download no final da matéria.
CORRUPÇÃO - A sociedade crê na importância dos Tribunais de Contas no combate à corrupção. É isto o que pensam 90% desses entrevistados, que concorda total (72%) ou parcialmente (18%) com esta afirmativa.
chart (1)
INEFICIÊNCIA - Além disso, 89% deles concordam que esses órgãos também desempenham papel importante no combate à ineficiência dos gastos públicos.
chart (2)
GESTÃO - Ao todo, 82% desse extrato concordam que os Tribunais de Contas ajudam a melhorar a gestão pública.
chart (3)
RECURSOS PÚBLICOS - Conforme a opinião de 80% desses entrevistados, a atuação dos Tribunais de Contas preserva os recursos públicos.
chart (4)
COMPOSIÇÃO - Os Tribunais de Contas são tidos como órgãos mais técnicos que políticos, para 62% deste extrato. No entanto, o modelo de indicação de seus membros é visto como um obstáculo ao bom funcionamento dessas instituições para 75% dos entrevistados. “Essa percepção reflete, de certo modo, crise do Estado, da política e da representatividade que afeta, de forma geral, o juízo de valor da sociedade sobre as instituições públicas. O modelo atual, com a indicação de 1/3 do colegiado por origem técnica (membros substitutos e procuradores) representa um indiscutível avanço. Não obstante, é nosso dever discutir propostas de possíveis aprimoramentos nos critérios de composição dos Tribunais de Contas. Cabe discutir novos aprimoramentos, a exemplo daqueles que propõem uma maior proporção de membros oriundos das carreiras técnicas”, pondera o presidente da Atricon.
chart (5)
chart (6)
APROVAÇÃO - Entre os entrevistados que mostraram conhecer os Tribunais de Contas, chega a 94% o índice dos que concordam que esses órgãos devem ser mantidos.
image
DESEMPENHO - Apesar de uma parcela importante (33%) avaliar positivamente o desempenho dos Tribunais de Contas, as opiniões divergentes têm a mesma expressão numérica: 32% veem a atuação como regular e 30% mostram-se insatisfeitos.

“De um lado, esses indicadores nos estimulam a persistir na luta pelo nosso aprimoramento institucional. Essa opção a Atricon já fez quando desenvolveu o Programa Qualidade e Agilidade dos Tribunais de Contas (QATC), sem falsa modéstia, o melhor e mais avançado programa de aprimoramento institucional no serviço público brasileiro. De outro lado, considerando o atual contexto de crise ética e da forte cobrança do cidadão, e levando em conta que os TCs não dispõem de mecanismos de investigação e de punição de natureza policial ou judicial, como determinar prisões de gestores públicos, o fato de 65% avaliarem os TCs como ‘ótimo, bom ou regular’, tem tudo para ser comemorado”, conclui Pascoal.
chart (7)
Veja aqui o resultado completo da pesquisa tendo como recorte o subgrupo das pessoas que sabem o que são os Tribunais de Contas; e aqui o resultado da pesquisa sem recortes.

JOVEM CONHECIDO COMO ALAN DE IBERÊ COMETE SUICÍDIO EM ACARI.


Uma notícia triste, notícias preliminares dão conta que um jovem conhecido como Alan de Iberê (17) anos, cometeu suicídio por enforcamento nesta manhã em Acari. Fica o registro os sinceros votos de pesar à família enlutada. Ainda hoje trarei maiores informações. 

Entenda por que o Ministério Público está de mãos atadas, compra-se votos embaixo das togas dos juízes!

O objetivo desta postagem é chamar a atenção do Poder Público no que concerne às más práticas da compra de votos nos municípios. Apesar de não ser garantia, o eleitor pede cem a um, duzentos, trezentos....enfim, nem ele mesmo sabe mais em quem vota!
A falta de estrutura nas comarcas, de consciência por parte dos cidadãos, por pura ganância que se brinca de eleições no Brasil. Não há exagero, compra-se votos debaixo das togas dos juízes. O Estado Democrático e de Direito dá espaço ao abuso do poder econômico. Ganha quem der mais, infelizmente!

Carnaubenses, brasileiros, o objetivo desta postagem é sensibilizá-los que vivemos num novo tempo. À ingerência e à crise político-financeira acontece em detrimento aos fatos narrados. Culpa de quem? Do político que compra ou do eleitor que vende? Ambos precisam refletir que governantes e governados precisam urgentemente mudar os maus hábitos. Voto não tem preço, tem consequência. Copie, cole, compartilhe, divulgue e denuncie ao Ministério Público. Você é responsável por manter a ordem neste país. 

Com modificações no uso do FUNFIRN, líderes aprovam dispensa de tramitação



Crédito da Foto: Eduardo Maia

Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (27), o colegiado de líderes da Assembleia Legislativa concordou com a dispensa de tramitação do Projeto de Lei Complementar que trata de modificações na utilização de recursos do Fundo Financeiro do Rio Grande do Norte (FUNFIRN) pelo Governo do Estado. Os deputados chegaram a um acordo após as explicações do secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira, que acatou as modificações sugeridas.
 
“Vai haver a dispensa de tramitação e a matéria deve ser votada em reunião extraordinária na tarde da próxima segunda-feira (1º) com as modificações propostas pelo colegiado de líderes. São mudanças no tocante ao limite financeiro de utilização e no prazo de devolução ao Fundo do que já foi utilizado até o momento”, explicou o deputado Tomba Farias (PSB), líder do bloco do PSB/SDD.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Vijânio Filho poderá se tornar o mais jovem prefeito da história de Acari

O empresário Vijânio Filho,  poderá quebrar alguns tabus na história política de Acari. Primeiro, poderá se tornar o prefeito mais jovem de Acari, assim espera a juventude; Segundo, poderá ser o primeiro empresário a administrar o município.

Condutor de um projeto de esperança para os acarienses, pois o atual gestor nada oferece a não ser os cargos dos que trabalham na máquina pública. Assim, Vijânio Filho, originalmente vem se apresentando e aglutinando força em cima de propostas  que  possam gerar empregos, renda e desenvolvimento para o nosso município. Sua juventude, simplicidade, capacidade e bom comportamento social,  tem feito o seu nome crescer na consciência da cidadania acarienses.

Henrique Eduardo Alves vira réu em ação proposta pelo MPF/DF

Em decisão, juiz da 16ª Vara Federal recebe ação de improbidade administrativa apresentada pelo Ministério Público em 2004


A Justiça Federal de Brasília decidiu receber ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves. A partir dessa decisão, Alves passa a responder como réu no processo que apura indícios de enriquecimento ilícito entre 1998 e 2002, período em que exerceu mandato parlamentar. Proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2004, a ação já havia sido recebida, mas o prosseguimento do processo foi interrompido depois que o acusado apresentou recurso questionando a prescrição dos fatos, bem como a legitimidade das provas apresentadas pelo MPF. No entanto, depois de analisadas essas questões pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o caso prosseguiu com o juiz de primeiro grau. Nessa instância, o magistrado da 16ª Vara Federal, Marcelo Ribeiro Pinheiro, decidiu que há provas suficientes para confirmar o recebimento e dar continuidade à ação de improbidade.

Sobre os requisitos para que o caso fosse reaberto, o juiz analisou a peça inicial apresentada pelo MPF e concluiu que a ação “descreve minuciosamente as circunstâncias fáticas e jurídicas que embasam, de modo suficientemente preciso e capaz de ensejar o seu prosseguimento”. Já em relação à prescrição, o magistrado explica que, de acordo com a lei, o prazo prescricional para ação de improbidade administrativa começa a correr após o término do último mandato do parlamentar. No caso analisado, o acusado foi deputado federal por 11 mandatos consecutivos, de 1971 a 2014. Embora a ação de improbidade se refira a irregularidades cometidas no período de 1998 a 2002, Alves continuou no cargo de parlamentar até 2014. De modo que o juiz concluiu: enquanto não cessa o vínculo do agente com a Administração, não tem início o prazo prescricional.

Na mesma decisão, o juiz também se manifestou sobre o pedido do MPF - feito ainda em junho deste ano - para que fosse levantado o sigilo do caso. Marcelo Pinheiro decidiu pela publicidade dos autos, já que nas ações de improbidade administrativa, é evidente o interesse social,” o qual exige a publicidade justamente para que se possa dar o direito ao povo de conhecer a fundo as atitudes de seus representantes políticos”. No entanto, o processo não é totalmente público. Tendo em vista que existem documentos anexados ao processo que podem expor a privacidade do envolvido, como extratos bancários e faturas de cartão de crédito e dados fiscais, o magistrado determinou sigilo em relação a essas informações.

A ação de improbidade - A ação do Ministério Público, apresentada há mais de 12 anos, levou à Justiça o fato de que Henrique Eduardo Alves demonstrava sinais de riqueza incompatíveis com sua renda e seu patrimônio declarados como deputado federal e empresário. Constam das irregularidades apontadas à época : transferência patrimonial dissimulada; despesas e gastos em montante superior à receita declarada; titularidade dissimulada de sociedades comerciais, contas-correntes, investimentos, movimentação financeira e cartões de crédito em instituições financeiras com sede na Suíça, nos Estados Unidos e em paraísos fiscais, bem como por meio de empresa off-shore - sem que fossem identificadas as saídas de divisas do país.

Como exemplo de irregularidade, foi citada uma movimentação em instituição financeira sediada no exterior de mais de três centenas de milhares de dólares americanos em despesas. Isso somente em faturas de cartão de crédito emitido no exterior, e de titularidade de Henrique Eduardo Alves .Outras situações também chamaram a atenção do MPF. Alves usufruía de um padrão de vida luxuoso, bancava os gastos de diversos cartões de crédito para os filhos e para a esposa e ainda era chamado de “riquinho” pelos demais parlamentares. O Ministério Público também revelou que a ex-esposa de Alves, Mônica Azambuja, teve durante um bom tempo suas despesas pagas pelo ex-marido, além de ter recebido a quantia de R$ 1,5 milhão entre 2002 e 2003 como indenização em divórcio

Com a reabertura do caso, o magistrado terá de decidir se condena ou não o político por improbidade. Henrique Alves poderá ser condenado a ressarcir os cofres da União, ter os direitos políticos suspensos e ficar proibido de contratar com o poder público, entre outras sanções previstas na Lei 8.429/92.

Conheça a tribo que mata qualquer pessoa que tente chegar perto deles

DivulgaçãoAs vezes guarda perigos mortais. Fora da costa da Índia na Baía de Bengala, uma ilha Manhattan-size chamada Ilha Sentinela do Norte possui muitas árvores, trechos de belas praias de areia, barreiras, recifes de coral e uma população que é decididamente hostil para pessoas de fora
Essa tribo assustadora que habita este lugar tem rejeitado qualquer contato com o mundo moderno , disparando uma chuva de flechas em qualquer um que vem dentro do alcance.Acredita-se ser a última tribo pré- Neolítico no mundo a permanecer isolado e parecem ter sobrevivido ao tsunami asiático de 2004 . No entanto, ninguém que chega perto, volta para contar a história, já que qualquer pessoa que tente se aproximar, é morta sem qualquer restrição.
Divulgação
Um pouco de escavação descobriu esta história: Depois de uma noite de bebedeira em 2006, dois pescadores a deriva foram parar na ilha foram mortos pelos Sentinelese, que viveram por lá há cerca de 60 mil anos. Um helicóptero foi enviado para recuperar seus corpos e foi impedido pelo grupo. O Telegraph relatou na época; o vento gerado pelas hélices  do helicóptero revelou seus corpos em covas rasas. Um preso  que tinha escapado das Ilhas Andaman acabou na ilha com a garganta cortada, segundo o The New York Times.
No final dos anos 80 e início de 1990, um antropólogo deixou cocos , facas , tecidos, espelhos, e uma vez que um porco vivo para ver o que acontecia. Os nativos matou o porco e o enterrou na areia.
Divulgação
A Índia , por medida de segurança,  estabeleceu uma zona de exclusão de 3 milhas em torno da ilha para proteger os desavisados. 
Reprodução Google Maps
Fonte: Yahoo Notícias

Parece coisa de bicho...orgulho de ser bicudo? Bacural? Ou cidadãos?

Algumas cidades do Seridó ainda conservam esse ódio, muitas vezes incentivados pelos ditos líderes políticos! Parelhas, Jardim do Seridó, Acari e Cruzeta estão entre as disputas pelo poder mais acirradas. Coisa vergonhosa, mortes, intrigas e depois os líderes políticos vão tomar um bom vinho juntos.

Orgulho de ser o que mesmo? Bicudo, bacurau dentre outros nomes, dependendo da localidade em que você se encontre. Lembre-se, o papel do cidadão vai além dos interesses individuais, de partidos sem ideologias e de gestão sem comando. Pense bem, nenhum político chega ao poder a não ser pelas mãos do povo, brigar por defender partidos? Defendam ideias. 

Foto: Charges na Rua/texto Voz do Povo

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Confira o resultado do gabarito do concurso público de Acari

Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]
Descrição: [   ]